domingo, 23 de agosto de 2015

presenca2

Presença - Livro 2



O irmão Branham chegou a afirmar em certas ocasiões que pouco antes que houvesse a vinda do Senhor Jesus Cristo, deveria ocorrer primeiro a Sua aparição, que embora pudesse ser notada através de sinais e maravilhas, essa Sua aparição não seria discernida pelos religiosos. Portanto, o entendimento que o irmão Branham possuía das Escrituras era de que a Presença do Filho do homem deveria anteceder a Sua vinda física.

A palavra grega que foi traduzida nos evangelhos por “vinda” é parousia, e ela não possui esse sentido como afirmaram os dois grande tradutores, Rotherham e Vine. Segundo eles, a tradução correta deveria ser “presença”, exatamente como é mostrado em algumas Escrituras onde essa palavra faz um contraste com a “ausência” de alguém ou de algo. Rotherham, por exemplo, disse que a Parousia era algo que só o seu cumprimento poderia revelar o que de fato ela seria. Rotherham acreditava que a Parousia deveria ser um período mais ou menos prolongado seguido por uma série de eventos. E foi exatamente isso que o irmão Branham declarou que ocorreria pouco antes da vinda de Cristo.

Por conseguinte, o mesmo Filho do homem que há de vir de forma física nos últimos dias para tomar a Sua Noiva, é exatamente o mesmo Senhor que deve aparecer pouco antes dessa Sua vinda na forma do Espírito Santo. E durante a Sua aparição, o sétimo mensageiro de Deus também deveria estar aqui para fazê-Lo conhecer. O irmão Branham disse que o seu ministério tinha como propósito declarar que o Filho do homem já está aqui Se revelando nestes últimos anos à Sua Igreja em misericórdia.

Sendo assim, a Presença de Deus não foi notada somente por meio de sinais, mas também por meio da revelação da Mensagem da hora que nos foi transmitida pelo Seu mensageiro, porque assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim deveria de ser a Parousia ou a Presença do Filho do homem. Este mensageiro não é o Filho do homem, mas ele O tornaria conhecido a todos por meio dessa Mensagem do entardecer. Da próxima vez que Ele Se revelar será no julgamento sobre o mundo e sobre todas as nações que se esqueceram de Deus.

Quando Jesus esteve sobre a terra, Ele manifestou o próprio Deus que habitava Nele corporalmente em plenitude. Ambos estavam sempre em perfeita unidade. Ele declarou ser o Filho do homem, e com o Seu ministério separou um povo para chamá-lo de Sua Igreja. Jesus era o Logos que saiu do Seio de Deus de modo a refletir o Seu Pai e torná-Lo conhecido na forma de Sua Palavra expressa.

Este mesmo Logos ou a Unção que esteve presente em carne humana deveria agora estar Se manifestando nestes últimos dias na forma do Espírito Santo a fim de assumir a Sua Liderança sobre a Igreja e preparar uma Noiva para reinar com Cristo na Sua vinda. E é por essa razão que todas as portas do inferno são contrárias a essa revelação espiritual de que Cristo está aqui.

Diógenes Dornelles



 Presença N°. 2

9 de maio de 1981

Lee Vayle

1                    Vamos orar. Pai celestial, novamente Te agradecemos pelo privilégio de nos permitir se reunir nesta Tua casa, Senhor, reservada para a Tua adoração, o qual estamos muito, muito gratos Senhor. Somos gratos de que podemos chegar a este ponto, onde ninguém pode nos impedir, embora nós não sabemos por quanto tempo será assim.

2                    Oramos Senhor, para que possamos superar a pior coisa de todas, que não é de outras pessoas nos impedindo, mas de impedir a nós mesmos, Senhor, de entrar em Teus átrios com ações de graças em Tuas portas com louvor, oh Deus, para adorar, sabendo que a Tua Vida é a Vida Eterna. Agora Pai, oramos para que Tu nos abençoes no estudo da Tua Palavra. Sabemos Senhor, que só Tu podes abri-La para nós; não há nenhuma maneira de nós mesmos podermos entender, nós apenas... isso fica mais e mais desconcertante; mas Senhor, Tu podes nos ajudar. Então nós nos encomendamos à Ti esta noite, crendo que Tu nos ouve agora e que irá nos ajudar. No Nome de Jesus oramos. Amém. Podem sentar-se.

3                    Agora, é certamente bom estar de volta na casa do Senhor com vocês, e eu vou ser honesto e fazer uma pequena confissão de que esta noite é experimental. Ela deve ser experimental no sentido de que nós vamos experimentar algo de bom, mas é experimental no sentido de que nós estamos tentando isso para ver como pode funcionar para simplesmente ajudar tantas  pessoas quanto pudermos. E é bom ter a mesa do Senhor esta noite, e é bom especialmente no sábado à noite, porque sabemos que temos alguns irmãos que estão conosco nesta noite, suas esposas e filhos conosco, com os quais eu estive em contato por muitos anos agora, suponho que por catorze ou quinze anos eu estive com eles na maior parte ao invés de afastado. E nós pensamos neles, assim como vocês, de modo que nós gostaríamos de experimentar para ver se os cultos de sábado à noite irão funcionar para que se possível eles possam vir, pelo menos uma vez por mês e estarem conosco, e então ficar com algumas das pessoas como estão fazendo agora.

4                    Claro que amanhã a razão pela qual nós temos disponível um almoço, para dizer-lhe a verdade, é porque é um dia ruim ir a restaurantes. E se eu saísse um pouco além do tempo você não sairá para comer. Então é melhor você comer apenas algumas coisas conosco e convidar um dia, ao invés de se preocupar com um restaurante. Claro que eu gostaria de me sentar em um restaurante agradável e ter alguém tomando conta de mim. Mas no Dia das Mães e na Páscoa isso de certa forma é esquecido. Então nós vamos estar juntos amanhã lá no... será lá na Legião em Degraff. Não é tão bom como este, que custa a metade do preço. Vai ficar tudo bem. Mas venham, traga toda a sua comida e tome emprestado ou algo assim. Nós ficaremos muito bem. E as acomodações e os banheiros não são muito bons lá, por isso que as instalações daqui são muito boas. Então será bom cuidar dessas coisas antes de revisarmos.

5                    E depois também, antes de eu entrar na mensagem, eu quero mencionar algo aqui, quero chegar a tudo isso, se eu conseguir chegar a isso corretamente. Agora, você sabe que, de momento, haverá um pequeno problema para fazer as coisas simplesmente se moverem da maneira que eu sei que você deseja tê-las, que poderia perseverar bem até que você esteja plenamente convencido sobre quem você pode ter como um pastor.

6                    Portanto, a fim de agilizar este assunto da Comunhão e lava-pés, eu vou direcionar isso para os diáconos, de modo que eles serão exclusivamente responsáveis no primeiro dia de cada mês, ou quando for possível para melhor trabalhar, como estamos tendo agora; isso também poderia ser no primeiro dia do mês, porque eu posso estar longe ou alguém mais distante, e você deve ter algumas coisas para você mesmo cuidar. E o irmão Branham disse: “Vocês do Tabernáculo Branham fazem errado”. Ele disse: “No livro de Atos eles se reuniam toda vez que eles vinham, partiam o pão e bebiam o vinho”. Mas ele nunca lhes disse que eles tinham que fazer isso todas as vezes que se reunissem. Então nós não vamos fazer isso também, vamos deixar isso assim como está.

7                    Mas por causa da condição atual, eu quero isso inteiramente fora de minhas mãos e das mãos de qualquer outra pessoa, a não ser nas mãos dos diáconos. E se fosse para você tocar uma fita naquela ocasião, e não há ninguém aqui, bem, você tem três diáconos e dois administradores. E se você não fizer isso, alguém na congregação pode fazê-lo. Eu não conheço ninguém que não possa fazer isso para a pessoa que ama o Senhor e que seja um cristão nascido de novo, e batizado no Nome do Senhor Jesus Cristo.

8                    Então mantenha isso em mente, para que você guarde as ordenanças da maneira como você deveria. E também temos a intenção de tentar esmiuçar tantas coisas quanto pudermos na linha da Palavra, para que você possa compreendê-La e ser mais adepto a Ela. E nós ainda estamos procurando ver o Senhor tratar com os irmãos aqui... por isso que eu não acho necessário enviar alguém para pregar o evangelho. Isso é assunto seu e não meu. Essa é a sua vocação, não a minha. Quero dizer, eu tenho a minha vocação, você tem que obter a sua própria.

9                    Mas no caso de o Senhor Se mover sobre alguém, sabe, ser útil, exortando, e essas coisas na Igreja aqui, nós não somos contra isso; na verdade eu sou cem por cento a favor disso, e eu adoraria ajudar você de qualquer maneira que eu pudesse. Então eu não sei totalmente o que eu posso fazer, e eu não estou garantindo nada, exceto de eu mesmo falhar, o qual você já tem essa garantia. Mas qualquer coisa que eu puder fazer para lhe ajudar eu vou ajudar. Então não... eu sou sincero quanto a isso. Eu não sei se isso pode servir de lições pessoais ou alguma coisa, somar a qualquer coisa, mas isso certamente pode ser sobre o púlpito. Então eu acho que isso cobre tudo até amanhã de manhã.

10                Agora, eu quero ir para a Presença de Deus novamente, e esse vai ser o número 2. Começando de onde paramos na última quarta-feira, “A Presença de Deus”. E eu confio que o Senhor irá nos ajudar, porque essa vai ser uma parte difícil, em um certo sentido da palavra. E muitas vezes é terrivelmente difícil de encontrar a linguagem que seja necessária para expressar certas coisas.

11                Agora, antes de entrar em qualquer Escritura, na Escritura de qualquer profundidade sobre isso, queremos fazer notar mais uma vez, esse erro mais comum cometido na tradução do grego para o inglês quando se trata desta palavra “presença”. A palavra “parousia”, que significa “presença”, foi traduzida quase que inteiramente como “vinda”, quando não é assim de modo algum.

12                E eu vou ler de novo para você o que Vine e Rotherham dizem, porque eu quero que você esteja completamente familiarizado com o que eles disseram, a grande autoridade deles. E Rotherham traduziu toda a Bíblia que é a Versão Enfática. E ele fala desta edição especial onde há uma nota de rodapé, da qual eu vou ler uma parte novamente.

13                [Rotherham]
Nesta edição a palavra “parousia” é uniformemente traduzida por “presença”. “Vinda” como uma representante da palavra... como representante desta palavra deve ser posta de lado. 
Ele disse: “Eu não usarei a palavra ‘vinda’, porque não é uma palavra para se usar”. Veja, ela transmite uma postura ou uma compreensão totalmente falaciosa do que exatamente se encontra aí.
O termo original ocorre vinte e quatro vezes no Novo Testamento. (E ele os coloca aqui.) O sentido de “presença” é tão claramente mostrada pelo contraste com a “ausência”, implícita em 2 Coríntios 10:10 e expressa em Filipenses 2:12.

14                ,Agora, nós já lemos isso. Mas eu irei para Filipenses 2:12 novamente, de modo que você se torne familiarizado com as Escrituras. E aqui diz então:
De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença...
Agora, essa palavra aí é “parousia”. Agora, e se ele usasse a palavra “vinda” aí, isso não seria ‘ótimo’? Simplesmente cai por terra. Você diz: “Bem, Paulo, ele está vindo, você tem que observar esse garoto, porque... oh rapaz, nós cremos, nós nos comportamos quando o vemos chegando”.

15                Oh, isso é... se parece quando minha mãe saía de casa. E sabe, ela saía para a cidade e nós, as crianças, éramos muito corajosas; mas se fôssemos absolutamente... [O Irmão Lee Vayle ri – Trad.] exploradores e algo assim, nós talvez aprendíamos a fritar ovos ou algo assim. E quando víamos mamãe chegando, phfft, nós jogávamos na lata de cinzas. [Risos] Perdíamos um monte de ovos bons daquela maneira, porque mamãe estava chegando. Bem, eu digo a você que na presença dela... oh, éramos boas crianças, mas por trás dela... Bem, você é a mesma coisa, então você sabe do que eu estou falando.

16                Agora, isso não é o que Paulo... ele não está falando de algo assim, sabe, sobre a vinda: “Você me vê chegando, então, sabe, você se comporta, você terá cuidado para que eu não pegue você”. Ele não está dizendo isso. “Vocês sempre obedeciam na minha presença quando eu estive aí com vocês, quando eu estive aí entre vocês trabalhando e ensinando e ajudando”.
...mas muito mais agora na minha ausência...
“Assim, portanto, se você trabalhou duro quando eu estive aí”, ele disse, “quanto mais duro você teria que trabalhar quando eu não estou aí?”. Então você entende que esta palavra “presença” em contraposição à ausência está bem expressa aqui. Agora...

17                A pergunta surge naturalmente: por que não torna isso sempre assim? Tanto mais assim quanto há em 2 Pedro 1:16, também uma adaptação peculiar na nossa palavra em inglês “presença”.
Então vamos voltar e podemos aprender mais rápido para abrir essas páginas muito bem e dizer: “Ei, eu sei onde a palavra ‘parousia’ está”, vê?

18                Então vamos ir aqui para 2 Pedro 1:16.
Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda (presença) de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a Sua majestade.
Esta passagem que será lembrada diz respeito à transfiguração de nosso Senhor sobre o Monte. A manifestação maravilhosa lá feita, foi a exposição e amostra da “presença”, ao invés da “vinda”. O Senhor já estava lá. E ao estar lá Ele foi transfigurado e a majestade de Sua Pessoa glorificada foi então revelada... (Agora eu irei para a parte debaixo ao invés de ler o que está no meio.) A “parousia” em qualquer caso, ainda está no futuro, (como ele entendia isso) e pode estar portanto envolto em uma medida de obscuridade da qual somente o cumprimento pode clarear. Isso pode de leve ou de fato, ser ao mesmo tempo um período mais ou menos prolongado, durante o qual certas coisas devem acontecer e um evento chegando e passando, como parte de uma série de intervenção divina.

19                Em outras palavras, ele está disposto a acreditar que só o futuro irá revelar isso, e que isso não poderia apenas estar dizendo: “Ele está atualmente aqui”, e você pára ali, mas toda uma série de eventos poderia transcorrer. Agora, isso é exatamente como o irmão Branham ensinou. Não há maneira alguma de você poder negar isso, especialmente a fita “O Arrebatamento”.

20                Vine:
“Parousia”, literalmente, uma “presença”. “Para” com e “ousia” de “amo, ser”, denota tanto “uma chegada”, e uma “conseqüente presença com”. (Certamente. Como poderia a pessoa estar presente se ela não chegou? Vê?) A tradução comum “vinda” é enganosa. Pois “parousia” sempre onde ela ocorre, refere-se a um período de tempo mais ou menos prolongado. É a palavra “erkermine” que fixa a atenção sobre a “jornada a” e a “chegada a um lugar”. Enquanto “parousia” fixa isso na estadia que segue à chegada lá. (Isso está belissimamente colocado) É preferível, por conseguinte, transcrever a palavra, em vez de traduzi-la. Isto é, usar “parousia” ao invés de “vinda”, onde é feito referência ao Senhor. Onde “parousia” é usado para o Senhor, refere-se a um período de tempo definido, como em 2 Pedro 1:16.

21                Agora veja, eu gosto desses dois irmãos, eles são muito, muito bons em expressar o que é a verdade como nós a conhecemos nesta hora aqui. E eu gosto do pensamento aqui de uma transliteração. Assim como a palavra “kai”. No grego é tanto uma preposição como uma conjunção. Eu gostaria de ver isso realmente colocado aí dentro com o entendimento de que você seria dirigido pelo Senhor, seja para que direção pudesse ir. Sabe, essa seria a compreensão da doutrina.

22                Agora... eu vou ler aqui algumas citações do irmão Branham que eu costumo ler de vez em quando. E aqui está o que ele diz em Fazendo um Serviço Para Deus (18/07/1965) § 85
E hoje Ele está entre nós na Pessoa do Espírito Santo manifestando (Ele mesmo) e mais e mais, vindo para Sua Igreja, tornando-Se conhecido.

23                Chamados Para Fora (9/01/1958) § 24
O Filho do homem já (está) vem desde a glória e está Se revelando nos últimos anos à Sua Igreja em misericórdia, (mostrando-lhes a Sua grande Presença, fazendo as mesmas coisas que Ele fez quando Ele esteve aqui na terra) revelando a Si mesmo (como Ele fez a Abraão antes da destruição. Ele veio agora em misericórdia, revelando-Se) para a Igreja. (Observe, a linguagem é tão fantástica.) A próxima vez que Ele (Se) revela será no julgamento sobre o mundo e as nações que se esqueceram de Deus.
Isso será quando a igreja passar pela tribulação.

24                Cristo é o Mistério de Deus (28/07/1963) § 279
A Liderança está aqui. Amém. Cristo, o Senhor ressuscitado.
Agora, é a Liderança a Pedra de Coroa? Isso é o que eu gostaria de saber, qual é a diferença? Há aqueles que dizem: “A Pedra de Coroa não desceu”. O irmão Branham disse: “Se o Trovão trovejasse”. Isso foi dito em dezembro de 62. Se aquilo eram os Trovões, a Pedra de Cora desceria. O que desceu?
A Liderança está aqui. (Amém.) Cristo, o Senhor ressuscitado (está) aqui no mesmo poder de Sua Ressurreição. (Observe como ele muda de “Dele” para “Sua”.) (Está) aqui no mesmo poder de Sua (bela) Ressurreição que Ele sempre esteve, manifestando-Se.

25                Almas Que Estão em Prisão Agora (10/11/1963) § 181
Agora, sabemos que Cristo está aqui. Talvez você não (O vê com os seus olhos), mas através de visão, eu lhe digo, (que) Ele está aqui.
E quando os Selos são rompidos e os mistérios são revelados desce o anjo mensageiro de Cristo, colocando o pé na terra e no mar com o arco-íris sobre sua cabeça.

26                A Brecha (17/03/1963) § 14
Agora lembre-se, este sétimo anjo está na terra, no tempo desta vinda.
Observe que ele chama “Vinda”. Vê? Presença. (Brecha, página 74).

27                Almas Que Estão em Prisão Agora (10/11/1963) § 160
O Sétimo Selo O traz de volta à terra.
É melhor ter cuidado com isso. A minha sincera opinião é de que – e todos nós estudaremos isso juntos em uma única sessão – é disso que se trata o Sétimo Selo. Pessoalmente eu não estou interessado no sentido de importância. Cristo literalmente vindo para pegar a Sua Noiva em pleno ar, e vindo de volta à Terra. Eu estou interessado em estar preparado agora para ser transformado. [“Amém”] Você pode fazer o que você quiser sobre isso. Vou lhe dizer claramente, eu não estou interessado como se eu fosse um intrometido acerca do futuro, porque o profeta disse: “Sempre olhando para trás, sempre olhando para a frente, sem nem mesmo saber o que está acontecendo”. Pela graça de Deus eu quero saber o que está acontecendo. E pela maior graça de Deus, eu quero ser uma parte do que está acontecendo, especialmente do lado bom. [“Amém”]

28                Agora:
A Festa das Trombetas (19/07/1964) § 42
...porque no Sétimo Selo houve silêncio. Ninguém sabia; isso foi o minuto ou a hora em que Cristo viria, como Ele revelou a nós.
Como é que você vai entender isso? Depois de quase dois mil anos Deus visitou novamente. Isso traz toda a plenitude da Divindade corporalmente entre vocês. Agora, não fique impressionado com isso. Vê? Qualquer um pode pegar isso e correr com isso.

29                Tentando Fazer Para Deus Um Serviço (27/12/1965) § 88
...o Elias deste dia é o Senhor Jesus Cristo. Ele está para vir de acordo com Lucas 17:30. (Ele é o Filho do homem que é revelado) Ele mesmo entre o Seu povo: não um homem, Deus. Que virá através de um profeta.
O que virá a um profeta? A coisa toda virá ao profeta.

30                Futuro Lar (2/08/1964) § 250
...a pedra angular que entra no Corpo, esse é (o Redentor) vindo para assumir a Sua propriedade. Ele está aqui conosco.
Bem, Ele veio ou não veio? Vê?

31                Liderança (7/12/1965) § 51
Essa vida está presente aqui esta noite. Isso mesmo. O Espírito Santo está aqui, é Cristo na forma de Espírito; Seu Espírito, a unção está aqui.
Mantenha esse pensamento em mente, sabendo que Ele está aqui. Isso é a Liderança.

32                Festa das Trombetas (19/07/1964) § 49
Agora, como Ele disse (Ele) aparecerá nos últimos dias e trará o povo de volta à Palavra, de modo que a Noiva conhecerá o Seu Marido, Seu Companheiro, a Palavra revelada.
Observe a beleza disso. Tudo o que ele diz é tão pertinente. E depois o chamam de um caipira kentuckiano. Eu deveria ser tão caipira. Eu não teria problemas esta noite, como eu vou ter. Sei que está chegando, porque eu não tenho um idioma para dizer o que... simplesmente de modo algum. Vamos nos movimentando aos poucos. A Palavra sempre corrige o erro. Eu não me preocupo com nada, Deus irá corrigir isso mais tarde, se eu de certo modo disser alguma tolice.

33                O Primeiro Selo (18/03/1963) § 135
...quando este Espírito Santo que temos Se torna encarnado para nós, Aquele que está em nosso meio agora na forma do Espírito Santo, Se torna encarnado para nós na Pessoa de Jesus Cristo, nós O coroaremos Rei dos reis.
Eu voltarei a isso mais tarde.

34                Shalom (12/01/1964) § 67
Não se enfade, (essa é uma expressão sulista para “não se preocupe com isso”.) Jesus está aqui. Ele está aqui hoje manifestando a Si mesmo, fazendo o mesmo que Ele fez então, exatamente o mesmo. Fazendo a mesma coisa. E entre nós hoje Ele Se mostrou aqui conosco, e provou e vindicou a Sua Palavra.

35                A Estatura de Um Varão Perfeito (14/10/1962) § 128
E no tempo do entardecer haverá Luz. Isso é quando Cristo vem, o Espírito Santo. Jesus desce e Se estabelece como a Cabeça da igreja, então Ele ressuscitará a igreja sendo o Seu próprio Corpo.
Mais uma vez a linguagem é explícita, implícita e bela.

36                O Arrebatamento (04/12/1965) § 142
Quando você vê Deus descer do céu, perante grupos de homens, e ficar lá, declarar-Se exatamente como Ele sempre fez... isso é a Verdade, e esta Bíblia aberta.

37                Liderança (7/12/1965) § 51
Isso mesmo. O Espírito Santo está aqui, é Cristo na forma do Espírito Santo, a unção está aqui.

38                Super Sinal (24/06/1964) § 66
(Haverá uma Noiva) tão certo quanto eu estou de pé neste púlpito; (E ele certamente estava lá de pé.) Haverá uma Noiva que será lavada no Sangue daquele Cordeiro. E aquele Cordeiro estará vivendo entre eles, mostrando super sinais de Sua ressurreição, após dois mil anos, a mesma coisa que Ele fez quando Ele esteve aqui na terra.
Agora, isso não está colocando tampouco no Milênio. Veja, observe a linguagem novamente.

39                Discernimento de Espíritos (8/03/1960) § 49. E eu li isso para você antes.
Agora observe e veja onde as portas do inferno estão contra... (Agora, eu lhe disse para você observar isso, porque isso dá a sua cronologia. Alguém disse: “Ele deveria ter dito isso”. Ele diz “isso” mais tarde.) ...não está contra denominações. O governo reconhece isso. (Não está.) O mundo reconhece nossas denominações, todos elas. Temos o direito, cada um de nós como cidadãos americanos, temos o direito de ter uma denominação, o que é bom; nós apreciamos isso. Mas isso é o que agora (Vê? Tempo presente agora,) as portas do inferno são contra. É a revelação espiritual de Cristo estar aqui agora...

40                E você sabe que ninguém, mas ninguém negará essa afirmação se você estiver simplesmente recebendo, onde Ele disse: “Eis que estou convosco todos os dias até o fim dos tempos”. [Mt 28:20] Eles nunca vão negar isso, mas no momento em que você diz: “Ele está aqui”, de uma forma muito especial em plenitude, eles dirão imediatamente: “Bobagem, você é um dos grupos das Testemunhas de Jeová não regenerados”. Bem, eles dirão pior do que isso, mas não deixe que isso lhe incomode. Se isso é o pior que temos, graças a Deus (...?...)

41                É a revelação espiritual de Cristo estar aqui agora, (e) o mesmo ontem, hoje e eternamente. Ele é contra a isso. “As portas do inferno serão contra isso, mas nunca prevalecerão”. [Mt 16:18]
Agora, as portas do inferno não são contra a declaração explícita do carismático dos milagres e tudo mais. É contra a Presença. E essa Presença tem de ser distintamente única ou ninguém pode ser contra Ela. Agora, como essa Presença é única? Eu não posso lhe dizer, porque estamos tateando esta noite, e eu estou tateando, e devo admitir, para olhar para estas coisas da melhor maneira que eu posso.

42                Agora, nós lemos o que Vine e Rotherham disseram. Agora lembre-se: “Isto se refere à presença pessoal, ou a presença real da pessoa ou da coisa falada dessa ‘parousia’, que é erroneamente traduzido por ‘vinda’.” Na mensagem anterior a esta nós olhamos somente para a Escritura que se refere com o divino, e não a pessoas como Paulo e Timóteo ou a eventos. Agora, isso é apenas uma mera declaração que nós fizemos ao tomarmos as Escrituras que se referem à Divindade. Algo que tinha a ver com Deus de qualquer maneira.

43                E agora nós olhamos para aquelas mesmas Escrituras que tem a ver com aqueles de Quem é falado de estar presente. Em outras palavras, vamos tentar olhar para a Escritura onde Ele Se identifica em uma medida. E a primeira para qual iremos, é claro, necessariamente é Mateus 24:3, onde eles Lhe dizem: “Qual é o sinal da Tua Presença? Qual será o sinal da Tua Presença?”. E Ele lhes diz algumas coisas.

44                Porém vamos para o versículo 27 de Mateus 24 para ver essa resposta. E Ele diz aqui:
Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a (presença) do Filho do homem. (Além disso, nos versículos 37, 39) E, como foi nos dias de Noé, assim será também a (presença) do Filho do homem... E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a (presença) do Filho do homem.
Agora observe que nestes três casos Ele se refere a Si mesmo como o Filho do homem.

45                E em 1 Coríntios 15:23, é alterado para a palavra “Cristo”.
Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na Sua (presença).
Agora nós temos o pensamento de presença. E a palavra agora é “Cristo”. Olhamos para mais algumas Escrituras onde isso é chamado de “Senhor Jesus Cristo”.

46                Imediatamente nós vamos para 1 Tessalonicenses 3:13.
Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na (presença) de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os Seus santos.

47                E 1 Tessalonicenses 5:23
E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a (presença) de nosso Senhor Jesus Cristo.

48                 2 Tessalonicenses 2:1
            Ora, irmãos, rogamo-vos, pela (presença) de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com Ele.
Eu gosto da palavra grega “kai” como uma preposição devido à doutrina.

49                Depois em 2 Pedro 1:16, o qual nós já vimos:
Porque não vos fizemos saber a virtude e a (presença) de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a Sua majestade.
Agora, é claro que você sabe que isso certamente identifica a Esse mesmo na carne.

50                Certo, Esse também é chamado de “Senhor”, quando se refere a uma presença. E isso está em 1 Tessalonicenses 4:15-16.
Dizemo-vos, pois, isto, pela Palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a (presença) do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro...  (e assim por diante).

51                Agora, com o que lemos, 2 Tessalonicenses 2:8 e aqui diz:
E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da Sua boca, e aniquilará pelo esplendor da Sua (presença).

52                Tiago 5:7-8; observe que a palavra é “Senhor”.
Sede pois, irmãos, pacientes até à (presença) do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a (presença) do Senhor está próxima. (Note mais uma vez o “Senhor” duas vezes.)

53                E depois em um outro conjunto de Escrituras é simplesmente chamado de “Sua”, que é um pronome que nós devemos nos referir a algo mais. Assim, vemos em 2 Pedro 3:4:
E dizendo: Onde está a promessa da Sua (presença)? Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. (É claro que isso vai para os primeiros três versículos.) Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador. Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da Sua... (Esse é o Senhor e Salvador então) ...presença. Certo.

54                 1 João 2:28.
E agora, filhinhos, permanecei Nele; para que, quando Ele Se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por Ele na Sua (presença. Agora, eu imagino que o versículo 27 seja um bom contexto). E a unção que vós recebestes Dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a Sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim Nele permanecereis. E agora, filhinhos, permanecei Nele; para que, quando Ele se manifestar, tenhamos confiança...
Isto me parece ser aqueles que estão cheios do Espírito Santo e que residem na Palavra. E eles estão se referindo então novamente Àquele que chamou a Si mesmo de a Videira, o qual eles estão se referindo volta ao Senhor Jesus Cristo.

55                Depois em 2 Pedro 3:12 Ele diz:
Aguardando, e apressando-vos para a (parousia, a presença) do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão.
Agora, aí você está buscando por um dia. Isso vai ser um dia presente, pois isso não tem nada a ver com Deus por si só. Isso está se referindo a um dia, o dia do Senhor. Certo.
Você pode ver que existem várias designações sobre Quem está presente. “Filho do homem”, “Cristo”, “Senhor”, “Senhor Jesus Cristo” e “Sua”. E, claro, não é necessário crer que cada vez que “parousia” é usado, isso está se referindo apenas a uma Pessoa.

56                Agora, parece que várias pessoas estiveram aqui e alguém pode dizer: “Bem, essa palavra ‘parousia’, ‘presença’, só poderia se referir a uma pessoa na Escritura para tornar isso equilibrado”. Isso não é verdade. A palavra “presença” pode se referir a uma pessoa. Pode se referir ao Espírito Santo. Pode se referir a um dia. Pode se referir a uma coisa.

57                E em 2 Tessalonicenses 2:8-9, refere-se ao anticristo.
E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da Sua boca, e aniquilará pelo esplendor da Sua (parousia); a esse cuja (parousia) é segundo a eficácia de Satanás...
Haverá um confronto absoluto aí como é dito no livro do Apocalipse quando a serpente for presa. E não há nenhuma maneira de que isso não irá acontecer. Agora, assim nós podemos considerar as cinco divisões que lemos há pouco: “Filho do homem”, “Cristo”, “Jesus Cristo”, “Senhor” e “Sua”. Mas quando entendemos que “Sua” é um pronome, nós excluímos o “Sua”. Você não precisa se ​​preocupar com isso. Nós simplesmente deixamos isso prosseguir. Portanto há na verdade, então, quatro dessas divisões.

58                Agora, nós queremos saber então, de qual desses quatro estamos falando em relação a este período que parece ser o único e o mesmo período de que eles estão todos falando aqui que até mesmo Vine se refere, e do qual se refere Rotherham. Há uma coesão nestas Escrituras que realmente parecem estar relacionadas com uma e a mesma coisa. Portanto, é sábio, então, voltar para Mateus capítulo 24, de onde nós começamos. Assim é quando nós voltamos: “Qual será o sinal da Tua Presença?”. E então Ele provoca aí, você vai notar que é feita uma pergunta sobre o futuro. “Qual será o sinal da Tua Presença?”.

59                Certo, nos versículos 27, 37 e 39 do mesmo capítulo 24, Ele Se dirige à futura Presença em que Ele fala de Si mesmo, da futura Presença que deve existir e que Ele é uma parte Dela, e Ele diz identicamente as mesmas palavras que Ele mesmo já dirigiu ao povo. Em outras palavras, Ele chama a Si mesmo de o Filho do homem. Então, quando eles Lhe disseram: “Qual será o sinal da Tua Presença?”, Ele disse: “Vou lhes contar sobre a Presença do Filho do homem”.

60                Agora, isso poderia se basear no Livro de Mateus capítulo 10:23 aqui, e aqui diz:
Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel sem que venha o Filho do homem.
Agora, Ele está projetando adiante no futuro a situação de uma certa “vinda”. E essa palavra, é claro, não é “parousia” aí; aqui se refere a um fato, simplesmente de que o Filho do homem está vindo. E os discípulos poderiam ter se lembrado disso ou pensaram sobre isso, então eles disseram: “Qual será o sinal de fato de que Tu vai estar lá?”. Agora surge uma pergunta relacionada a este termo “Filho do homem”. Que tal este termo “Filho do Homem”? Que conotação existe aí? Para o quê nós estamos olhando?

61                Certo, eu irei para Mateus 16:13-17.
E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os Seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem?
Agora observe isso. “Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” Agora, há apenas umas duas vezes antes disso, creio que no capítulo 10:8, onde até mesmo é dito que Ele é o Filho do homem. E isso é, novamente, tirado dos Salmos.

62                Agora:
E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias... Disse-lhes Ele: E vós, Quem dizeis que Eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
Agora observe, essa foi a resposta. O que é o Filho do homem? Agora, isso vai tomar forma bem aí. O que é o Filho do homem? Tudo bem. Se Pedro tem qualquer visão ele disse: “Vou Lhe dizer Quem o Filho do homem é, vou Lhe dizer Quem é”. Ele disse: “O Filho do homem – que é Você – é Cristo, o Filho do Deus vivo”.

63                E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas Meu Pai, que está nos céus.
Pode-se dizer então: “Tudo bem, Quem é o Cristo, o Filho do Deus vivo? Então Ele tem que ser o Filho do homem. Então, literalmente, você tem... você tem... eles são sinônimos, Seus Nomes e aposições. Exatamente. Então ao olharmos para esta Escritura, nós entendemos então que o Filho do homem é chamado por Pedro: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.

64                Agora, isso é o que João disse aqui e que eu também creio, no livro de João 1:1-3. E nós queremos ver só um pouco sobre essa Pessoa.
No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. (Versículo 14) E a Palavra se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a Sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. (Agora no versículo 18) Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, (observe onde Ele é colocado) que está no seio do Pai, esse O revelou.
Ou levá-Lo para fora para a revelação completa, ou completamente O expôs, que é explicar por palavras.

65                Agora, o que eu quero fazer é ler de “Perguntas e Respostas” aqui. E veremos no que podemos chegar esperançosamente. O irmão Branham está falando aqui acerca da questão.
Alguns dizem: “O irmão Branham é o Filho do homem. Eu pensava que a Coluna de Fogo fosse o Filho do homem”.
Agora, o irmão Branham disse com relação à questão. Perguntas e Respostas (23/08/1964) § 53
Era a Coluna de Fogo o Filho do homem? Não. A Coluna de Fogo é a Unção. (Agora veja o que ele diz) Agora, aquela Coluna de Fogo é o Logos que saiu de Deus, o Logos, que na verdade é o atributo da plenitude de Deus. Quando Deus Se tornou em uma forma para onde Ele pudesse ser visto, era a unção do grande Espírito que saiu, Sua condescendência, descendo, Deus, o Pai, o Logos que estava sobre Israel, Aquele que era santo, que não podia tolerar pecado.

66                Agora, isso soa muito confuso aqui, pelo fato de que ele está dizendo: “o Logos que saiu de Deus”, e depois ele disse: “Foi a Unção do grande Espírito que saiu, sua condescendência, descendo, Deus, o Pai, o Logos que estava sobre Israel”. Agora, eu não acho que haja qualquer ambiguidade aqui. O que ele está dizendo é que: “Qualquer manifestação, seja qual for, teria que ser o Pai, porque Ele é Deus, e Ele é o Originador”. Agora, o irmão Branham disse que “o Logos na verdade é o atributo da plenitude de Deus”. Agora observe, ele também disse: “Nós somos os atributos de Deus”. E ele também disse: “Os pensamentos são atributos de Deus”. Portanto, isto é um pouco complicado aqui para realmente entender isso. Mas eu só quero continuar a leitura um pouco mais.

67                Agora:
Foi a unção do grande Espírito que saiu, sua condescendência, descendo, Deus, o Pai, o Logos que estava sobre Israel...
Agora, se alguma coisa saiu de Deus Ele tem que ser o Pai. Vê? Se alguma coisa sai de mim tem que ser uma parte de Lee Vayle...?... vômito, ou vomitar o meu fígado ou qualquer outra coisa. Isso é puro e simples. Quero dizer, olhando para isso de uma espécie de uma maneira tosca, mas isso é tudo que eu posso fazer.

68                Então Aquele Logos tornou-Se carne e habitou entre nós; e onde este Logos habitou em um corpo humano, que foi o sacrifício... Quando o homem foi feito à imagem de Deus... e então Deus desceu à imagem do homem para redimir o homem; que trouxe o homem e Deus juntos. O céu e a terra se abraçaram e se beijaram; Deus e o homem se abraçaram como a Paternidade e a Filiação quando o Logos Se fez carne e habitou entre nós.
Agora ele... A Filiação só existiu quando houve um corpo lá, que era tratado como o corpo humano, então a Paternidade pôde habitar Nele, toda a Paternidade habitou Nele.

69                Jesus disse: “Eu vim de Deus e volto para Deus”. Isso está certo? Depois de Sua morte, sepultamento, ressurreição e ascensão, quando o corpo foi levado para sentar à destra de Deus. Agora, eu não quero dizer que Deus possui uma destra; Deus é um espírito. Mas “à destra” significa “no poder e autoridade de Deus”. Que naquele Nome tudo no céu é nomeado após Ele e sujeito a Ele. Tudo na terra é nomeado após Ele e sujeito a Ele, um Nome acima de todos os nomes, Jesus Cristo. Agora, este Logos que estava Nele, que era o Espírito de Deus, a Unção, através da graça santificadora do Sangue, trouxe muitos filhos a Deus, que são ungidos com o mesmo Logos.
Ele disse: “Bem, se isso é o mesmo, então, o que é isso tudo?”. Bem, Ele tinha sem medida, você e eu temos em medida. Há uma diferença, vê? A nossa é como um “pequeno gene de um espermatozoide”, é o que a Escritura chama.

70                Agora, no dia do pentecostes Ele desceu, aquela Coluna de Fogo, e Se repartiu assim e línguas de fogo pararam sobre cada um deles. Não as suas línguas, mas línguas de Fogo pararam por cima de cada um deles, um eleito, um grupo selecionado, identificado por esta Coluna de Fogo que mostra que o próprio Deus havia Se separado em homem. (Ou “em homens”, seria melhor.) Você entendeu? Deus, o Logos, separando-Se em homens; Deus, não em uma pessoa, Ele está em Sua Igreja universal. Essa é a razão pela qual Jesus disse: “As obras que Eu faço, vós também as fareis e mais...” [Jo 14:12] Agora, eu sei que a King James diz: “maior”, mas a tradução correta é “mais do que isso vós fareis”. Deus está engarrafado e confinado em um só homem, Jesus Cristo. Agora Ele está engarrafado e confinado em toda a Igreja universal do Deus vivo. (Tudo bem, isso é bom.) Certo, agora, enquanto Deus está acostumado a falar conosco em nossos corações, (observe onde ele diz aqui) Ele está na África; e na Ásia; Ele está na Europa; Ele está na Inglaterra. Onde quer que os crentes estejam reunidos, lá está Ele no meio deles. Agora, depois de... (que é um pouco diferente, porém.) Depois de Sua morte, sepultamento, ascensão e a vinda do Espírito Santo, Paulo em seu caminho, que era Saulo em Damasco, foi atingido por uma Coluna de Fogo, o Logos. E aquele judeu nunca teria chamado aquela Coluna de Fogo de “Senhor”, a não ser que ele soubesse que era o mesmo Logos que o Seu povo seguiu pelo deserto. Vê? Agora, aquilo não era o Filho do homem; aquilo era o Logos.
Certo. Depois esse Logos Se fez carne e habitou entre nós. Mas o Logos não era a carne. Logos é Logos, e carne é carne. Deus é Deus e carne é carne. Você tem que manter a diferença. Mas você tem que entender o que está acontecendo.

71                Agora, neste último dia o Logos que estava sobre Jesus do qual Ele Se tornou de volta para a Coluna de Fogo novamente, e desceu à terra para... (eu ia dizer algo, mas eu tenho que tomar cuidado com a fita. Eles não acreditariam em mim se eu dissesse isso a eles. Não faz nenhuma diferença... As pessoas não acreditam, eu vou omitir isso), mas desceu como um juízo investigador acontece.
Ele está simplesmente dizendo a você claramente, que a Coluna de Fogo é idêntica no sentido do que está descendo, mas não da mesma maneira que aqueles anjos investigadores que as pessoas veem e chamam de discos voadores. Em outras palavras, é uma luz absoluta.

72                Agora, algumas dessas coisas eu não sei o que são e eu menos me importo. Mas nem o profeta identificava todos, mas pelo menos uma parte e o que temos que pensar é que ele disse: “Um dia isso irá descer e irá buscar você”. Poderiam ser querubins. Algumas pessoas pensam isso, eu não sei e eu não estou preocupado com isso. Tudo o que ele está dizendo aqui é: “Olhe, há algo que está preso a este mundo e as pessoas estão vendo isso”. Aqui não diz que é o Logos agora, mas é a mesma ideia. Em outras palavras, você pode usar isso como ilustração, mas não é a mesma coisa.

73                Agora, esta grande Coluna de Fogo que está absolutamente identificada até mesmo por câmeras científicas, está aqui na Terra hoje. Há uma foto dela pendurada lá. Creio que ela ainda está lá, não é mesmo? (Está lá? Cientificamente provado, pelo melhor que temos, George J. Lacy, chefe do FBI, das impressões digitais e documentos, disse: “Eu chamei isso de psicologia, Reverendo Branham, mas a luz atingiu as lentes. Eu a coloquei debaixo de raios de luzes ultravioleta e tive um exame aqui por quatro ou cinco dias. E a luz atingiu as lentes. E esta lente não capta psicologia”. Agora, isso está identificado. Então observe a obra Disso. Ela, entre nós, prova que o mesmo Jesus que uma vez viveu na Palestina, o mesmo Espírito que estava sobre Ele veio através de um Corpo até que voltou para a Liderança novamente, o qual Ele está vindo em breve para reclamar o Corpo. (Veja, Alfa se torna Omega.) A Cabeça está voltando para o Corpo.

74                Agora lembre-se, desde a cabeça para baixo cada junta se une, até que Ele volta à Cabeça. Quando não há mais nada, está de volta à Cabeça. Isso significa que muito em breve o Corpo tem de sair da sepultura e seguir a Cabeça, o qual estamos falando agora em termos do físico.

75                Você entendeu? (Agora ouça.) Isso vai ser... (veja, a Cabeça vem de volta ao Corpo) Isso será o Filho de Deus, o Filho do homem, o Filho de Davi, o EU SOU, a Rosa de Saron, o Lírio do Vale, a Estrela da Manhã.
Agora lembre-se do que eu li aqui. Primeiro Selo (18/03/1963) § 80
...quando este Espírito Santo que nós temos, Se torna encarnado para nós, Aquele que está em nosso meio agora na forma do Espírito Santo, Se torna encarnado para nós na Pessoa de Jesus Cristo, nós O coroaremos Reis dos reis...
...Isso será o Filho de Deus, o Filho do homem, o Filho de Davi, o EU SOU, a Rosa de Saron, o Lírio do Vale, a Estrela da Manhã.

76                O Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. Ele será particularmente Emanuel: Deus conosco. Vê? Cada um desses, porque naquele tempo haverá a plenitude absoluta da Divindade em uma encarnação onde o irmão Branham coloca tudo naquele momento em particular. Mas você percebe que anterior a isso ele não fez assim. Agora, aqui está onde iremos nos perder. Você diz: “Foi bom falar com você, mas nós revisaremos outra coisa”.

77                Certo. Como vamos fazer isso? [O irmão Vayle desenha em um quadro – Ed.] Vamos começar aqui em cima com “Deus”. E o irmão Branham disse: “De Deus saiu o Logos”. E ele disse: “Isso seria o atributo da plenitude da Divindade’. Assim, portanto... [ajusta o microfone – Ed.] Agora, ele disse: “Aqui, este Logos aqui seriam os atributos de Deus, a plenitude da Divindade corporalmente”. Ele disse: “Isso é o que constitui, porque esta vinda de Deus seria, literalmente, Deus, o Pai que desce aqui tanto quanto aqui em cima”.

78                Mas enquanto eu olho para esta compreensão de Deus, estamos vendo como que Deus está Se manifestando literalmente. Agora, vou ler para você uma coisa aqui:
“No grego, no grego clássico, ‘logos’ era tanto a palavra falada pelo qual um pensamento interior era expresso, como o pensamento interior em si.”
Agora, isso é difícil. Eu não sou um advogado da Filadélfia e eu não sou um estudante do grego. Isso é idílico no grego clássico. Agora veja, isso soa como... com certeza que o sujeito é um louco para dizer isso dessa forma, pois qualquer tolo saberia isso. Mas é um conjunto muito mais profundo, e é aí que eu vou começar a lutar.

Agora, isso é o Logos, isso é o pensamento expresso em criação, mas isso é o próprio Deus. Você me entende? [“Sim”] Obrigado. Com certeza estou feliz que você entendeu, e eu sei que você entendeu, mas você não entende muito melhor do que eu neste momento. [O ir. Vayle ri – Trad.] Mas estamos chegando lá. Temos que nos familiarizar com o que estamos falando.

80                Agora, é como alguém colocar-se na expressão, de modo que a expressão e a pessoa sejam um. Agora, eu poderia fazer uma expressão aqui que são palavras. Agora, eu mesmo tenho que colocar essas palavras para que essas palavras e eu nos tornemos um. Agora, se eu sou inteligente com as palavras posso enganar você com o que está aqui, vê? Porque essas palavras podem estar erradas. Agora, eu vou ler para você um pouco mais aqui. Nós estudamos isso.

81                “No grego clássico, ‘logos’ era tanto a palavra falada pelo qual um pensamento interior era expresso, como o pensamento interior em si.”
Agora vamos... algo deste modo em particular... não há nenhuma maneira a não ser o que você está literalmente trazendo a essa mesma pessoa. Correspondente a esses dois sentidos, temos o verbo “lego”, que significa “pronunciar palavras”, e'log-gis-i-mi., que é “o pensamento interior, avaliando e pensando”. Agora, aqui você tem aqui, este companheiro aqui que está pensando, e este companheiro aqui está fazendo a fala. Agora, porque o pecado invadiu o nosso pensamento, nossas palavras revelam essa corrupção interna. Agora: “Do coração... da abundância do coração fala a boca”. [Mt 12:34]

82                Assim, portanto, estas palavras aqui sairão de algo daqui, vê? Assim, portanto, não é apenas a palavra que está sendo falada, é a pessoa que está sendo revelada. Entenda assim. Certo, isso não é muito difícil de entender. Ou pior ainda, temos aprendido o truque de falar palavras muito diferentes dos nossos pensamentos. Mas a maravilha foi que, em Jesus, o Logos, a Palavra de Deus, os dois significados se encontraram. Ele era a expressão plena do pensamento e do Ser de Deus. Portanto, Suas Palavras eram perfeitamente graciosas.

83                E o irmão Branham disse: “A Palavra interpretada é a manifestação manifestada do Nome de Deus”. Então o que estamos vendo aqui – e tentando chegar a uma compreensão – é de que seja o que for que saiu de Deus aqui, tinha que se manifestar nesta área específica, e esta manifestação aqui de Deus que saiu: “Haja luz. Haja a criação”. Tudo o que foi feito é o mesmo Logos, a mesma coisa que veio aqui e que estava em carne.

84                Agora, o próprio Deus por causa do que Ele queria fazer, em vez de colocar os mundos à existência, Ele reduziu naquele tempo o Logos a um “pequeno Deus” como um pequeno espermatozoide e um pequeno óvulo. Você me entende? [“Amém”] Isso faz com que o corpo que começou e o homem tivessem uma química lá dentro em que Deus permitisse produzir isto. Vê? Aquele corpo. Porque esse corpo tem que ser uma parte do Logos no sentido do que estamos falando, e ainda assim não é o próprio Deus. [“Amém”]

85                Agora, no rio Jordão, (vê?) aí foi quando Deus entrou, este Logos entrou aqui. Agora, eu não estou fazendo dois deuses, de jeito nenhum! Mas eu não posso explicar nada além disso. Assim que Jesus absolutamente no homem era a verdadeira expressão do Deus Todo-Poderoso. Ele era Aquele, vê? Agora, a razão de eu estar tomando este ponto específico é porque nós começamos mostrando aqui o que Jesus disse: “Eu sou o Filho do homem”. Bem, o que é o Filho do homem? Ele é o Cristo, o Filho do Deus vivo. Esse é o Logos. Vê? E o corpo tinha que estar lá antes que você pudesse ver Deus na criação. Você pode ver Deus de inúmeras maneiras. Você O vê nas estrelas, que é a criação. Mas aqui nós O encontramos habitando em um Homem.

86                Agora, o que nós estamos olhando então é: Quem é esse Filho do homem? Você simplesmente não pode tirar o corpo, vê? Você pode se livrar do corpo, e quando você se livra do corpo, você pode voltar para uma Coluna de Fogo. Vê? Agora, onde está o Logos? No seio do Pai. Em outras palavras, Deus Se expondo, e Ele está fazendo dessa maneira em particular. Então você pode ver porque o irmão Branham disse: “Ele não é Deus, mas Ele é Deus”. Você não pode esta noite tornar para mim Jesus sentado lá em cima no trono Melquisedeque. Você não pode torná-Lo Deus para mim, não há maneira alguma, porque a Coluna de Fogo está aqui.

87                Agora, eu mostrei a você algo um pouco atrás. Você pode – até onde eu saiba – você pode ter o Deus Todo-Poderoso, e você pode ter o Filho bem aqui. Esse é o Filho do homem, esse é o Filho de Deus. Certo. Agora, deixe-me dizer a você uma coisa. Não há absolutamente nenhuma maneira de você conseguir algo do Logos aqui embaixo. Vamos deixar isso claro. Não há maneira alguma de que o resplendor de Deus possa ir a qualquer lugar, exceto por meio do Filho. E não há nenhuma maneira, mas o...?... vai por meio do Filho. Agora, eu espero que você esteja entendendo o que eu estou lhe dizendo aí.

88                De maneira alguma! É por isso que Eles são um. Eles são um. No entanto, Esse está sentado no trono, e Este outro desceu. Você quer fazer isso de qualquer maneira, mas não há maneira alguma de Deus poder Se manifestar mais. Não há maneira alguma de Deus fazer qualquer coisa. Ele fala no Filho. E “no Filho” aqui diz. Aqui não diz: “Ele fala por meio do Filho”. Mas Ele fala no Filho. Ele não fala pela natureza; Ele não fala por uma pirâmide; Ele não fala por números; Ele não toma todo esse lixo que as pessoas estão olhando e pequenas nuvens estranhas e outras coisas que você consegue ter! Ele fala no Filho! É assim que Ele fala daqui, e Ele vai Se manifestar e vir até aqui agora, não importa de que maneira você consegue olhar para o Logos que não pode operar de nenhuma maneira, exceto através do Filho. É aí que você obtém o seu Sacerdócio bem aqui. Se não houvesse um Sacerdócio lá o Logos aqui embaixo mataria cada um de nós. É por isso que havia sangue antes que eles deixassem Israel. É por isso que há sangue quando eles deixaram o Jardim. Agora, eu não sei quão claro isso está ficando, mas isso deve ajudá-lo um pouco. Tentar esclarecer a Divindade só um pouco nesta questão aqui. Não existem dois deuses, três deuses, quatro deuses. Há um Deus.

89                Deixe-me mostrar a você outra coisa no livro de Hebreus. O livro de Hebreus fala a respeito de Jesus, que é Aquele que fala no Filho. E Ele diz aqui: “O qual, sendo o resplendor da Sua glória, que é a imagem expressa de Sua Pessoa”. [Hebreus 1:3] Aqui diz a você no versículo 3, o esplendor da Sua glória; o resplendor; o resplendor literal do próprio Deus em Quem Ele é, foi resplandecido através de Jesus. O resplendor, a imagem expressa da Sua Pessoa.

90                Em outras palavras, como ele disse aqui: “O pensamento e a palavra devem ser idênticos”. Você não tem alguém aqui que com a mente diga uma coisa e a palavra aqui seja outra, mas o próprio pensamento em si entra em expressão. Você tem a mesma coisa aqui. Ele é a expressa imagem. Assim, portanto, Deus manifestou-Se no Filho. E Esse é o que fez toda a criação, embora naquele tempo Ele nada criasse.

91                Nos dias de Moisés ele criou. Mas nos dias de Jesus Ele não criou. Por quê? Porque não era necessário criar. O resplendor de Deus agora era aquele Deus que está resplandecendo como um Salvador. Então Ele mesmo reinou através do Filho. Agora, isso é o melhor que eu posso passar agora. O tempo passa, isso irá funcionar um pouco melhor, eu chegarei melhor a isso, mas eu só tenho que tomar mais tempo em casa e sentar lá e observar, vê? Então eu espero que você esteja recebendo... um pequeno pensamento para o que eu estou tentando obter aqui. O Filho do homem é o Logos que Se fez carne.

92                Agora vamos ler Mateus 24 novamente, para que possamos tentar deixar isso debaixo de cobertas esta noite. 37, 39.
Mas, como foi nos dias de Noé, assim será também na (presença) do Filho do homem.
E o versículo 39 diz o mesmo. Agora temos Sua Presença.

93                Tão rapidamente iremos agora e vamos ver Lucas 17:22-30. E lemos:
E disse aos discípulos: Dias virão em que desejareis ver um dos dias do Filho do homem, e não o vereis. (Agora Ele está falando acerca do Filho do homem) E dir-vos-ão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali. Não vades, nem os sigais; porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. (Eu tenho um novo ponto de vista sobre isso. Vou mostrar a você em um minuto.) Mas primeiro convém que Ele padeça muito, e seja reprovado por esta geração. (Então aqui diz a você claramente. Essa coisa não pode acontecer até que Ele morra e ressuscite) E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem... (“comiam e bebiam” e por aí vai. “Como foi nos dias de Ló” e assim por diante) ...Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar.

94                Agora, aqui diz a você que no dia em que o Filho do homem estiver presente o Filho do homem é revelado. Vê? Ele está revelado. Ele não está apenas presente, Ele está revelado. Agora, Ele diz a você aqui, que isso não tem nada a ver com a Sua jornada terrena com os cravos. Quem é esse Filho do homem? Cristo! Quem é Cristo? Logos! A Unção. Vê? Logos!

95                Tudo bem, agora vamos fazer uma abertura para isso em um minuto. Tenho que voltar agora. Mateus 24, e eu vou explicar o que eu tinha em mente.
Porque, assim como o relâmpago sai (de uma parte do) oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a (presença) do Filho do homem. (Agora, Ele lhe diz a você, revelado e desvelado. Agora observe novamente.) Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e (brilha no céu... Esse é aquele resplendor. Isso sai do oriente e vai para o) ocidente, assim será também a (presença)...

96                Mas agora segure isso e veja o que ele diz em João 1:18.
O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse O revelou.
Aqui diz a você que o único que pode fazer qualquer revelação é Aquele que saiu do seio que é o Logos. O Logos e a Coluna de Fogo são uma e a mesma coisa, neste momento, porque o Logos está na Coluna de Fogo.

97                Agora, vamos voltar para Atos 9:3-6. Isto é Paulo sendo atingido.
E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que Me persegues? E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, (Jeová Salvador) a Quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, (Chamada... vá para a rua tal e tal. Certo. Versículo 22) Saulo, porém, se esforçava muito mais, e confundia os judeus que habitavam em Damasco, provando isto... (Isso o que? A Luz que falou com ele) ...aquele era o Cristo.

98                Certo, então ouça: o que estamos falando aqui, quando falamos sobre Mateus 24:27? E aqui em Lucas, o relâmpago que vem à luz brilhante é o Logos. O Logos que apareceu no oriente é o mesmo Logos que aparece no ocidente. A mesma Luz que apareceu a Paulo, é a mesma Unção que aparece ao profeta no tempo do fim. E aqui diz a você o que a Presença é. A Presença é Cristo! Vê? E Ela vem como? Através da Unção para a Palavra, a Revelação. Vê? Estamos recebendo uma Revelação. Estamos recebendo uma Revelação. Estamos recebendo uma Luz.

99                Agora observe algo aqui no versículo 28 de Mateus 24:
Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.
Onde os urubus estão, os abutres. Eu sei que o irmão Branham persistentemente se prendeu a isso, a carcaça é a carcaça limpa, mas isso não é o grego. A carcaça limpa do grego está em Lucas 17, o “soma”. Este é o “toma”. E eu posso provar para você que o Logos vai para onde a corrupção estiver.

100            Se você não crê, basta voltar uma página e ler o capítulo 23 do Livro de Mateus. “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Sepulcros caiados, belos por fora, mas ossos de mortos imundos por dentro. Vocês todos gostam de parecer justos, vocês são um bando de hipócritas. Ai de vocês, escribas e fariseus, hipócritas! Vocês construíram os túmulos dos profetas e adornam os sepulcros dos justos. ‘Nos dias dos pais, não teríamos matado os profetas’. Vocês dão testemunho de que vocês são os filhos daqueles que mataram. Encha-se a medida de seus pais. Serpentes, raça de víboras, como vocês podem escapar da condenação do inferno?”

101            Isso era o Logos gritando de um corpo humano. Você acha que quando Ele voltar no tempo do fim Ele não irá Se encontrar com a mesma coisa? Pode apostar a sua vida, Ele irá Se encontrar com a mesma coisa. Ele já a encontrou! [“Amém”] E a mesma voz gritou: “Jerusalém”, Ele disse, “a cidade mais santa, do povo mais santo, do Deus Santíssimo, com a morte mais horrível e terrível”. E então ele disse: “Eu acuso esta geração”. “Luzes de alerta vermelho piscando”, e assim por diante, gritando: “Eu não oro pela América”. O mesmo Logos que esteve nos dias passados atingiu novamente. E golpeou no oeste e está tudo acabado, vê?

102            Então aqui nós vemos Deus Se revelando, o Seu Espírito. Agora, isso é o Filho do homem, você não pode despistar isso, porque o Filho do homem é Cristo. O que é o Cristo? O Logos, a Unção que saiu de Deus. Como Ele veio? Bem, Ele veio em uma carne humana. Ele veio em uma Coluna de Fogo. Aquele mesmo que fez toda a criação que foi uma manifestação. É por isso que o irmão Branham podia dizer: “Deus na natureza”. Isso é absolutamente verdade. O único problema é que a natureza não revela Deus o suficiente. Tudo o que você pode fazer é dizer que há um Deus, continuamente, isto, aquilo, e tudo mais. E, no entanto, claro que é bom saber da seiva que se levanta na primavera, que vai para baixo no outono, e que vem à tona novamente. Mas se você não conhece a história de Jesus Cristo morrendo e ressuscitando, onde está sua seiva agora? Muito cheia de vida. Veja, eu não sou muito de natureza. Tudo o que eu sei é que a natureza prova Deus. E se você é estúpido o suficiente para pensar que há natureza lá fora sem Deus, você é mais louco do que eu sou. Isso é muito difícil.

103            1 Coríntios 15:23 diz a você claramente.
...os que são de Cristo, na Sua (aparição).
Agora, do que ele está falando? Ele está falando sobre as primícias. Certo, a questão é: Quem produz as primícias? Certo.

104            Aqui diz a você em Atos 26:8. Paulo diz a você Quem ressuscita os mortos. Ele fica lá parado, creio que perante o velho rei Agripa, e ele está pregando para atingir uns quarenta, e os judeus lhe odeiam, e então ele levanta uma questão controversa. “Ora”, ele disse, “quero que você saiba que eu estou aqui por causa do que eu creio”. E ele disse aqui:
Pois quê? Julga-se coisa incrível entre vós que Deus ressuscite os mortos?
Quem ressuscita os mortos? Deus! Então, o que vem de Cristo? Quem é Cristo? Ele é Deus. Você não pode separar o Logos, e dizer que não é Deus, porque Ele é Deus. Vê? E essa é a manifestação. “Atributos”, como disse o irmão Branham.

105            Lá em Romanos 8:11, aqui diz:
E, se o Espírito Daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, (esse mesmo Espírito) vivificará os vossos corpos mortais...

106            E novamente em Atos 4:10, onde Pedro está pregando naquele dia, ele diz a mesma coisa:
Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em Nome de Jesus Cristo de Nazaré, Aquele a Quem vós crucificastes e a Quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome Desse é que este está são diante de vós.

107            Agora, ele fala de Jesus Cristo de Nazaré. Vê? Ele diz que Aquele Deus ressuscitou. Agora, sabemos que Deus não ressuscitou a Si mesmo, Deus ressuscitou o corpo. Mas veja, Deus começou a Se revelar. E como disse o irmão Branham: “Criando-Se em carne humana, e Ele Se reduziu ao ponto infinitesimal para o espermatozoide e o óvulo”. E Ele permitiu a mulher de incubá-Lo, para que Ele pudesse surgir, e Deus habitou Nele. Assim, portanto, o pensamento era um com a Palavra, Deus queria carne, Ele tem carne. Não tinha carne como a sua e a minha, de jeito nenhum, mas muito parecido com ela. Então Deus veio e habitou Nele. Vê?

108            Agora, isto também é 1 Tessalonicenses 4:16.
Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus...
Você diz: “Como pode você tornar esse o Senhor?”. Porque absolutamente Aquele que ressuscita os mortos tem que ser o mesmo que ressuscita os mortos aqui. Não há três ou quatro ressuscitando os mortos. [“Amém”] Vê? Então esse é o Senhor.

109            Agora observe o que Ele diz aqui no Livro de Tiago 5:7-8, o mesmo pensamento está acontecendo ali, pois ele disse aqui:
Sede pois, irmãos, pacientes até à (presença) do Senhor. Eis que o lavrador...
Agora, Quem é o lavrador, então? É Jesus, o Filho do homem. Agora, Ele está esperando lá naquele Trono agora para obter a Sua Noiva, porque Ela tem que ser uma Rainha. Agora, esta é a estrutura humana. E lembre-se, “o Filho do homem é aquele que semeia a boa semente”. Esse é o fator espiritual, mas tem que ser saído na carne, a carne humana.

110            Agora, Ele está:
...espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência... Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda (isso é a presença) do Senhor está próxima.
Agora, do que ele está falando? Ele está falando da Ressurreição. Aqui você tem Cristo em uma Ressurreição, aqui você tem o Senhor em uma Ressurreição. O que é o Cristo? Porque a Escritura disse: “Deus o fez Senhor e Cristo. [Atos 2:36] De maneira nenhuma pode o Pai atuar fora do Filho, e de nenhuma maneira o Filho. Eles têm uma unidade perfeita aí; é quase como que um círculo completo; eu não posso descrevê-lo, mas eu entendo isso dentro de uma certa medida.

111            E sobre o “Senhor Jesus Cristo”? Exatamente a mesma coisa. 1 Tessalonicenses 3:13, 5:23; 2 Tessalonicenses 2:1, todos os vários a mesma coisa, “Senhor Jesus Cristo”. Quem é o Senhor Jesus Cristo? “Ele fez a Este a Quem vós crucificastes”. Quem era Ele? Jesus, Senhor em Cristo. Senhor Jesus Cristo. Vê? Não é um jogo de palavras. O Pai e o Filho têm um nome. Não há nenhuma diferença. “Quem vê o Pai, vê a Mim. Quem vê a Mim, vê o Pai”. [João 14:9,10] “Tudo bem”, Ele disse, “como você pode Me rejeitar e ter o Pai?” Vê? Aí está. Agora, o termo “Sua”. Bem, deixe-me ver. A questão é... a questão do “Senhor Jesus Cristo” foi respondida pelo fato de que Deus O ressuscitou.

112            Agora veja isso, vamos então para o livro de Filipenses 3:20-21; nós mostramos a você isso.
Mas a nossa (cidadania) está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido...
Agora, Quem irá fazer isso? Bem, aqui diz a você Quem irá fazer isso. Diz a você sobre 1 Coríntios 15:12-19, no capítulo da ressurreição. Aqui diz: “Porque se nós dizemos que Deus ressuscitou Jesus e Deus O ressuscitou não somos mentirosos”. Então Quem ressuscitou Jesus? Deus O ressuscitou! Agora, Quem é que vai transformar os nossos corpos? Deus vai transformar! Quem é Deus? O Logos! [“Amém”] Porque esse é o resplendor de toda a coisa que entra em ação. Então Deus em princípio, Deus em propósito, Deus em ação, há um Logos. [“Sim”] Estou chegando a isso agora mais perto o tempo todo. Se eu pregar este sermão quatro, cinco vezes mais eu chegarei a isso imediatamente.

113            Agora, pegue a palavra “sua”, que é um pronome. Em 2 Pedro, e eu estou batendo nisto muito rápido, porque eu quero fazer isso de propósito. 2 Pedro 3:4. Ele está falando de um pronome “Sua”.
E... Onde está a promessa da Sua vinda? ...  
De Quem ele está falando? Do Senhor e Salvador. Vê? Aqui em 1 João 2:28. A mesma coisa que eu mencionei algum tempo atrás.
...tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por Ele na Sua (parousia).

114            Quem é Esse? De Quem ele está falando? “Você tem a unção do Santo e sabe todas as coisas”. Quem enviou de volta o Espírito Santo? Jesus enviou. Seu próprio Espírito que Ele possuía, de volta sobre o crente. Então aqui está um homem cheio do Espírito Santo, o Espírito Nele, e Ele deveria estar ciente dessas coisas. Então observe que o último é finalmente o Seu dia, vimos que era o dia de nosso Senhor e Deus.

115            Então nós estamos tentando ver o que o profeta ensinou. O mesmo Espírito que habitou no Homem Jesus, que voltou em uma vida que dá o novo nascimento para os filhos de Deus há dois mil anos atrás, está de volta na Igreja, a mesma Presença de Deus, de modo que a plenitude de Deus em carne humana esteja aqui, com certeza. O Pai está aqui. Ele está provando que Ele mesmo está aqui. E como foi dito pelo profeta: “Devemos nos banhar em Sua Presença, e deixá-Lo que fosse velado e ainda exposto pela Palavra para transformar-nos à Sua imagem”. Essa é a ordem divina desta hora.

116             Por aqui no livro de Hebreus 1:3, nós olhamos para isso por um segundo já.
O qual, sendo o resplendor da Sua glória...  
O real resplendor disso. O real resplendor da opinião divina, da estimativa. Em outras palavras, se uma pessoa quer saber realmente e conhecer a Deus, você nunca O conheceria fora de Jesus Cristo. Não há maneira alguma. Vê?
O qual, sendo o resplendor da Sua glória, e a expressa imagem (observe, a “expressa imagem”) da Sua Pessoa, e sustentando todas as coisas pela Palavra do Seu poder, havendo feito por Si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-Se à destra da majestade nas alturas.

117            Agora, com isso vamos voltar para 2 Coríntios 3:17-18. Você sabe que é claro que vamos ler ali, porque eu simplesmente continuo lendo a mesma coisa o tempo todo. Não há nada melhor para se ler.
Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.
Agora, do que ele está falando? Aqui diz na leitura da Palavra, que Israel possuía um véu sobre o seu rosto e que não puderam ler Moisés direito. Assim, portanto, quando Jesus veio, isso não fez nenhum bem e eles olhavam e não podiam ser transformados, porque eles não podiam vê-Lo. A mesma coisa hoje, quando eles olham para a Palavra eles não conseguem ver o Cristo que vemos. Eles não podem se transformados. Vê? [“Amém”] E a imagem que temos hoje é a imagem que estava em Jesus. “Nós seremos como Ele”. Não haverá nada de diferença, vê?

118            Agora, isso é o que está acontecendo neste exato momento em que Ele está aqui. Quem está aqui? Não me importa quantas designações você usa, é tudo a mesma coisa: “É o Espírito Santo”, disse o irmão Branham. Porque Aquele com os cravos não está aqui, porque Ele não pode fazer aquelas coisas que são necessárias. Ele já fez a Sua obra. [“Amém”] Agora Deus tem que responder de volta, antes de tudo Jesus desceu aqui, Ele viveu aquela vida sem pecado, Ele sofreu sem pecado, sofreu todas as tentações, sofreu todo tipo de degradação, e pelo poder de Deus passou por tudo. Ele morreu no Calvário e Deus O ressuscitou novamente, deixou-O ir até o inferno, pregou para as almas lá em prisão, tirou-as para fora, e agora então por dois mil anos Ele tem sido Sumo Sacerdote.

119            Você diz: “Irmão Vayle, isso não irá funcionar”. Então por que você não faz isso? Vou lhe dizer claramente, tenho examinado a minha vida nas últimas semanas, e eu disse às pessoas e eu vou dizer outra vez: “Se eu fosse Deus, eu teria me matado”. Eu vou ser honesto com Deus perante você esta noite. Se eu fosse Deus eu me mataria. Eu cuspi em Sua face. Eu pensava que não era um mau cristão até que eu atravessei isto. Eu não sei mais o que eu sou, exceto que eu vejo a graça do Deus Todo-Poderoso.

120            Vou lhe dizer uma coisa, irmão e irmã, o fato de que Deus pudesse descer até aqui embaixo, e ficar entre nós comprova a eficácia de que Jesus morreu no Calvário e ressuscitou, e que permanece por lá, sentado lá esta noite em um Trono. Não como Deus, mas Ele é Deus a este respeito. Nada, mas nada virá de Deus a não ser por Ele, vê? E tudo o que estamos buscando vir nesta era, estará em volta Dele, porque acima Dele simplesmente estará uma Coluna de Fogo. Mas tudo abaixo Dele brilhará e simplesmente incandescerá com a glória de Deus. “Antes que eles clamem, Ele responderá”. [Isaías 65:24] Por quê? Porque Ele está lá. Não porque você e eu estamos lá, mas porque Ele está lá, vê? Agora, é por isso que Ele está aqui. O Espírito do Deus Todo-Poderoso.

121            Observe como o irmão Branham disse: “Ele está chegando, chegando até a Igreja”, vê? Entrou em um eclipse lá na quarta era, literalmente, tudo saiu. Sob Lutero começa a voltar, uma pequena reforma, um pouco mais e um pouco mais. Um pouco mais, chegando mais e mais até a Igreja, e agora Ele está bem na Igreja. Eu O chamo de Pedra de Coroa. Eu O chamo de Pedra de Esquina, eu O chamo de tudo que é coisa. E eu vejo um Corpo que está crescendo ao redor Dele, enquanto esta Noiva está nesse lugar, pela graça do Deus Todo-Poderoso, com o Espírito de Deus Se movendo Nela enquanto Ela vai de glória em glória, que é de revelação em revelação, porque o Espírito Santo está...

122            Vamos ler... onde isso se encontra? Isaías 28? Rapaz, eu tenho um cérebro de não sei o quê. Mas se eu não puder encontrar isso, vou tentar citar para você, tão ruim quanto eu sou. Oh, sim. Aqui diz, no versículo 7. 
Mas também estes erram por causa do vinho, e com a bebida forte se desencaminham; até o sacerdote e o profeta erram por causa da bebida forte; são absorvidos pelo vinho; desencaminham-se por causa da bebida forte; andam errados na visão e tropeçam no juízo.
Eles têm vinho? Porque eles estão bêbados em seus próprios credos e dogmas. Eles estão embriagados, eles estão engarrafados. Eles estão cambaleantes, porém eles cheiram como o vinho de Roma. Eles não cheiram como o vinho de Deus, posso lhe assegurar isso.

123            Suas mesas estão cheias de vômito...
Isso é o que um sujeito bêbado faz, ele regurgita em todo o lugar. Eu deveria ter dito vomitar, mas regurgitar soa muito mais áspero e eu gosto de uma expressão grosseira em um momento como este. Ele até mesmo cheira pior do que o vômito. [Faz som de vomitar – Ed.] Irmão, qualquer coisa eu não aguento mais isso.

124            ...e não há lugar limpo. A quem, pois, se ensinaria o conhecimento? E a quem se daria a entender doutrina? Ao desmamado do leite, e ao arrancado dos seios? (Ele disse isso ao longo do capítulo cinco do livro de Hebreus, no momento da revelação de Melquisedeque.) Porque é mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali. Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo... Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir. (Diz o Senhor) Assim, pois, a Palavra do Senhor lhes será mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali; para que vão, e caiam para trás, e se quebrantem e se enlacem, e sejam presos.
E aqui diz a você bem aí que o Espírito Santo manifestado na Palavra da hora irá confundir as pessoas inteiramente. Por quê? Porque Ele está exposto, [“Amém”] o Logos está aqui por Deus para Se revelar. Precisou de um profeta para fazer isso, vê?

125            Agora ele disse:
Ouvi, pois, a Palavra do Senhor, homens escarnecedores... Porquanto (vós fizestes) aliança com a morte, e com o inferno (estão de) acordo; quando passar o dilúvio do açoite...
Isso foi o que Duplessis disse quando o irmão Branham profetizou sobre a costa ir abaixo. “Ora”, ele disse, (ele chamou o irmão Branham de algum tipo de pessoa má), ele disse: “Aquele que julga, será julgado por isso”. Ele disse que “o irmão Branham foi julgado, porque ele morreu naquele acidente”. Bem, se ele tivesse sido, com certeza isso não era... assunto seu, [“Amém”] vê? Mas ele não foi. Era a hora de partir. “Essas pessoas que contaram mentiras de seu refúgio”.

126            ...e debaixo da falsidade nos escondemos. Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que Eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.
Depois ele fala a você sobre o próximo julgamento e o julgamento é para o... absolutamente que ele está dizendo a você que o que vai acontecer tem a ver com a Grande Tribulação. Então, que tal Ele? Que tal Ele? Vê? Ele já está aqui. As pessoas não querem crer.

127            Agora, o irmão Branham disse: “As portas do inferno não prevalecerão contra Ela”. Ele disse: “As portas do inferno se levantarão contra Ela”. E eu posso lhe dizer uma coisa, irmão e irmã, não há como você e eu provarmos o que nós cremos esta noite, se você crê nisso. De jeito nenhum.

128            Não há maneira alguma de qualquer um poder provar qualquer coisa. Como é que alguém virá provar que há um Deus? É preciso de uma revelação, vê? Ora, com certeza que precisa. O homem mais inteligente do mundo não tem nenhuma chance de ter uma revelação. A Bíblia diz claramente: “Deus não escolheu o sábio, nem escolheu o poderoso, nem escolheu este; Ele escolheu as coisas simples”. Por quê? Porque eles podem aceitar uma revelação, vê?

129            Você diz: “Ele está aqui esta noite?” O irmão Branham disse: “Eu não estou fugindo à meia-noite. Eu não sou como Paul Revere que atravessa a meia-noite pelas ruas gritando à meia-noite: ‘Ele está vindo’. Ele já veio”. Agora, a maneira como ele disse isso soa como se ele estivesse dizendo que o anticristo já está aqui. O anticristo não está já aqui. Ele não está já aqui. Seu espírito está aqui. Mas o anticristo não está aqui. Em breve ele terá um corpo. Ele está edificando um corpo. Ele tem edificado um corpo há anos. Ele tem tido um corpo durante anos, em Roma. Agora ele está construindo um outro corpo, de gentios, sabe, os protestantes e todo o grupo deles. Claro, ele tem tudo funcionando, mas assim tem Deus.

130            Bem, que o Senhor te abençoe. Eu creio que conseguimos ao longo desta noite algo útil. Sei que é muito difícil, e eu mesmo estou lutando para deixar isso simplificado em meu pensamento, mas eu estou começando a ver como o irmão Branham podia dizer: “Ele não é Deus, mas Ele é Deus”. Como que esse Logos realmente é. Mas neste momento, acredite, eu estou convencido de que Aquele sobre aquele Trono é um Homem, mas muito, muito em breve, quando a Noiva, quando Ela começar a subir, Esse será Deus reencarnado, e Ele será absolutamente e totalmente cem por cento Deus em um Corpo humano. Creio assim. Eu não creio que será simplesmente o Logos, no sentido de resplendor. No sentido de quando nós vemos isso, o irmão Branham saindo, eu creio que Deus entra. Porque ele disse: “Ele disse que Ele entra”. Foi assim que ele colocou. O Senhor te abençoe. Vamos nos levantar por um minuto.

131            Gracioso Pai celestial, Deus Eterno, nós Te agradecemos novamente pelo tempo que temos em torno de Tua mesa aqui, estudando a Tua Palavra, e eu oro, Senhor, para que eu não tenha dito nada que esteja fora de linha, mas com a Tua Palavra realmente, Senhor; se há alguma pequena coisa fora da qual não poderia estar, sei que Tu trarás a Tua Palavra em torno para corrigir o erro. E... mas Deus Pai, ajude-nos a começarmos a ver cada vez mais de perto, e mais e mais definitivamente, até que Isso gere mais definitivo. Pois Tu disseste: “No tempo do fim conheceríamos como somos conhecidos”. E nós não sabemos o quão longe isso irá, simplesmente talvez pelas eternidades, eu não sei. Que possamos estar nisso para que Tu nos coloques debaixo do Sétimo Selo nisto. E que isso possa seguir por todo o caminho para o belo Monte Sião, e isso seria certamente útil e maravilhoso para nós; nós com certeza não sentimos de modo algum fora do caminho para ver isso acontecer.

132            Então gracioso Pai celestial, nós apenas Te pedimos agora, para Se tornar mais bem conhecido para nós. Especialmente Senhor, na ternura do... o profeta disse: “A misericórdia e a graça no fim dos tempos”. Não que venha entre nós para julgamento e dissolução, não Senhor, mas reunindo um tempo de união da Palavra para Palavra, até que tudo esteja unido sob a liderança Daquele que é a Palavra.

133            E Senhor, sabemos que estas coisas podem parecer pequenos clichês ou coisas pequenas, Senhor, um tanto banal de como as dizemos. Sabemos que não é verdade, porque aí dentro se encontra o grande mistério de todos os tempos e que está vindo a se cumprir nesta hora.

134            Ajude-nos Senhor, a vermos as coisas que estão presentes conosco. Não olhando para o futuro, ou olhando para trás. Deus ajude-nos esta noite. Rogamos Senhor Deus, tenha misericórdia. Mostra-nos essas coisas, mostra-nos a Ele que está Presente, e estas coisas a respeito de nós dois, que é tão vital, Deus em nós. E Senhor, eu oro por isso. Eu oro Senhor, como o profeta disse: “Por isso, não importa quão difícil algumas destas coisas sejam, isso produzirá um banho em Tua Presença, que trará sobre esse Espírito, (que ele viu atrás da Cortina do Tempo), pouco antes da Ressurreição”.

135            Senhor, essa é a coisa, essa é a coisa, Senhor, que eu clamaria, acima de qualquer outra coisa neste mundo, nesse sentido em particular. Mas, Senhor, Tu sabes melhor, e nós cremos que o profeta disse. De fato nós sabemos o que ele disse: “Vai acontecer, haverá essas pessoas”. Então, nós Te louvamos. Pela fé, esta noite Senhor, nós contemplamos a Ti e cremos que somos uma parte disso.
Em nome de Jesus Cristo oramos. Amém.

[Segue o serviço de Comunhão – Ed.] 

 Tradução: Diógenes Dornelles





Esta mensagem intitulada “Presença Nº. 2” (Presence # 2) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, no dia 9 de maio de 1981, sábado à noite, na Igreja do Evangelho da Graça, em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em julho de 2015, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 1 h e 25 min.)