sábado, 7 de maio de 2016

A Igreja em Sua Plena Maturidade


7 de fevereiro de 2016

Diógenes Dornelles


Lucas 6:47-49
Qualquer que vem a Mim e ouve as Minhas Palavras, e as observa, Eu vos mostrarei a quem é semelhante: é semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque estava fundada sobre a rocha. Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa.

Essas palavras de Jesus possuem aqui várias aplicações. Jesus pode estar apontando isso tanto para Israel como nação, quanto para cada um individualmente. Mas há pelo menos três coisas que Jesus nos pede aqui para fazermos, que é ir até Ele, ouvi-Lo e praticar aquilo que se ouve. Jesus também apresentou aqui duas situações, porém observe que em ambas todos ouviram a Palavra, sinal de que primeiro todos foram até Ele e O buscaram, mas o que fez a diferença foi o resultado de cada um. Jesus aqui está nos falando da grande contradição que há em alguém que busca a Deus para ouvir a Sua Palavra, mas que não A põe em prática. O irmão Branham disse que esses são os assim chamados cristãos de hoje. Eles buscam a Deus, querem ter comunhão com Ele e Sua Palavra, ouvem a Palavra, mas não sabem ou não A querem aplicar em suas vidas.

As Provações São Para o Nosso Aperfeiçoamento

Observe também que Jesus disse que as chuvas e as correntes vêm para todos, sejam para os que estão preparados, quanto para aqueles que não estão preparados. Quando as lutas e as provas nos sobrevêm elas não querem saber se você está preparado para enfrentá-las ou não. Elas virão de qualquer maneira. E Jesus aqui não está prometendo aos Seus discípulos que Lhe buscam, ouvem a Sua Palavra e A praticam de que eles ficarão livres dessas provações e problemas quando elas vierem, mas a promessa que Ele lhes fez é de que quando os problemas surgirem eles não irão abalá-los, pois Ele mesmo lhes sustentará. Ainda que você não consiga ver o mover de Deus, creia que Ele está indo em seu socorro, porém da maneira Dele, e não da maneira que talvez você desejasse que Ele te socorresse. Portanto quando você estiver passando por lutas e problemas, peça socorro para Deus. Tenha fé de que Ele está presente e de que Ele quer te socorrer, mas deixe que Ele escolha pela Sua soberana vontade qual é a melhor maneira de socorrer você.

O irmão Branham nos disse que a função das provas é de nos levar ao aperfeiçoamento.

Eu Sei (17/04/1960) § 28
Está escrito em uma das Escrituras na Bíblia, que: “As provas que vêm sobre nós, são mais preciosas do que o próprio ouro, pois é Deus nos dando estas provas.” Depois que nos tornamos Sua propriedade, nossa confissão e nosso batismo, ou nossa promessa para andarmos em vida para Ele, então cada prova que vem sobre nós é para nos aperfeiçoar para a Sua glória. É para nos trazer a um lugar onde Deus possa Se tornar mais real para nós do que Ele já era antes da prova vir.

Veja que Deus não impediu de os Seus filhos hebreus passarem pela fornalha ardente, mas os livrou de dentro da fornalha, isso porque eles ouviram a Sua Palavra e a praticaram, pois tinham a Deus como o seu fundamento e eles sobreviveram só por causa disso, e não somente eles, mas Israel como nação tem sobrevivido até hoje. Quando o fogo da fornalha do juízo de Deus veio sobre a Babilônia ela não resistiu a isso, e hoje só o que resta daquela nação são algumas ruínas reconstruídas e conservadas em museu. Aí está a diferença dos que servem a Deus e dos que não servem, dos que tem a Sua Palavra como seu fundamento sólido e dos que não tem.

A Pedra Que os Construtores Rejeitaram

Porém nos dias de Jesus Israel não estava dando ouvidos à Sua Palavra, e Ele estava com essa ilustração que lemos tentando lhes recordar das profecias que falavam do dia em que Israel iria rejeitar Aquele que seria para eles a Pedra Angular ou fundamental para lhes dar suporte nos dias de aperto. Israel estava sob o poder de Roma, mas rejeitaram o dia da visitação de Deus, e tudo isso estava profetizado.

Salmo 118:22
A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular.

Esses edificadores simbolizavam os líderes de Israel, os escribas, fariseus, saduceus, rabinos, mestres, sacerdotes, enfim, todos aqueles que eram os responsáveis pela manutenção da lei de Moisés a ser seguida por aquele povo. Porém um dia quando Pedro e João foram presos pelo Sinédrio por terem curado um coxo e dado testemunho de Jesus no pórtico de Salomão, eles, cheio do Espírito Santo, disseram para aquelas autoridades que os construtores que foram profetizados nas Escrituras era uma referência a eles.

Atos 4: 8-13
Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Principais do povo, e vós, anciãos de Israel, visto que hoje somos interrogados acerca do benefício feito a um homem enfermo, e do modo como foi curado, seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, Aquele a Quem vós crucificastes e a Quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome Desse é que este está são diante de vós. Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina. E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.

Veja que os discípulos entenderam todas as lições de seu Mestre. Embora talvez não tivessem compreendido no início o que Jesus estava lhes dizendo, o Espírito Santo lhes instruiu acerca de tudo que eles ouviram, abrindo o seu entendimento para compreender e aplicar o que eles haviam aprendido. Os discípulos de Jesus também devem ter se recordado quando pouco mais de um mês atrás antes de Jesus ser crucificado por aqueles construtores, seu Mestre apresentou aquela mesma Escritura para eles.

Mateus 21:42-43
Perguntou-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra, que os edificadores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular; isso procede do Senhor, e é maravilhoso aos nossos olhos? Portanto, Eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será dado a uma nação que dê os seus frutos.

Portanto Jesus mesmo havia identificado os construtores da profecia com os líderes de Israel.

Conta uma tradição que quando o templo de Salomão foi construído, as pedras usadas para as paredes e os alicerces foram cortadas longe em uma pedreira e depois levadas para o monte onde o templo foi erguido. Porém uma pedra de tamanho muito grande foi levada para o local, mas os construtores não encontraram lugar para ela, então resolveram deixá-la para um lado, sem dar nenhuma utilidade para aquela pedra. Um dia, precisaram colocar uma pedra angular para poder suportar o grande peso do templo e que fosse resistente. Tentaram colocar várias pedras, mas nenhuma era resistente o bastante. Por fim, repararam na pedra que eles haviam rejeitado há muito tempo, e que foi exposta à chuva, calor e frio sem mostrar nenhum defeito ou rachadura e, depois de experimentada, resolveram escolhê-la como pedra angular e ela se encaixou perfeitamente resistindo a todo o peso.

Todo o templo de Salomão foi construído sobre um alicerce natural no monte, inclusive o Santo dos Santos, onde hoje fica a mesquita de Omar de cúpula dourada. A pedra angular era a primeira pedra da construção sobre a qual toda a obra deve ser executada. Jesus tipifica no Novo Testamento tanto o alicerce quanto essa pedra angular onde a construção é feita, que conforme já estudamos, os alicerces ou fundamentos são os ensinos dos apóstolos, pois foram eles os construtores e fundadores da fé cristã.

Efésios 2:20-22
Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.

Aqui Paulo fala do fundamento dos apóstolos e também da Pedra Angular como se fossem duas coisas diferentes, mas na verdade ambas passam a ser a mesma coisa, pois Paulo disse que esse fundamento também era o próprio Cristo.


1 Coríntios 3:10-11
Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, (ou construtor) o fundamento, e outro edifica sobre ele; (estes outros são os demais ministros que também construtores) mas veja cada um como edifica (ou constrói) sobre ele. Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.

Bem, isso que Paulo está nos dizendo aqui contraria o que a igreja católica ensina, de que o fundamento da Igreja são os próprios apóstolos – tomando por base Efésios 2 – começando pelo primeiro papa, que segundo eles foi Pedro. Depois dele viria Cristo, que segundo os católicos, seria apenas a Pedra Angular que fica em cima desse fundamento que foi Pedro. Porém o que as Escrituras nos mostram é que tanto o Fundamento como a Pedra Angular, que fica por cima desse Fundamento, são o mesmo e o próprio Cristo. Então se a igreja romana faz do papado o seu fundamento, ela está fora da comunhão com Deus, pois não O coloca como a sua única Pedra Fundamental. Portanto com que autoridade a igreja romana poderia ter no passado ou no presente excomungar hereges se ela própria é uma excomungada?

Ilustração feita por um site católico. Nesta simulação a fim de instruir o crente na forma correta de se interpretar as Escrituras, o papado é apresentado como a base e o fundamento onde a Igreja e o próprio Cristo são sustentados.

Então com isso nós podemos ver que não somente Israel, mas a própria igreja organizada tem rejeitado essa Pedra Angular deixando de colocá-La no seu devido lugar. Essa Pedra tem sido rejeitada tanto nos dias de Israel como nos dias de hoje. O irmão Branham disse que em nossos dias Jesus está sendo rejeitado pelos construtores da igreja, que são os teólogos, mestres, ministros e todos aqueles que substituíram o ensino apostólico por tradições, dogmas e pelos programas dos homens.

O Que é Isso em Tua Mão? (20/11/1955) §§ 35-36 – sem tradução
E quando eles estavam construindo o templo de Salomão, eles tinham todas as pedras cortadas. Tudo estava em ordem. Mas eles encontraram uma pedra de aparência estranha. Eles não achavam que uma coisa assim alguma vez atingisse qualquer coisa, então eles simplesmente a jogaram fora sobre uma pilha de ervas daninhas. E eles continuaram com a sua argamassa e suas pedras, colocando-as juntas. E vieram a descobrir que a mesma coisa que eles tinham rejeitado... eles construíram até aqui e descobriram que não podiam ir mais adiante, havia uma pedra faltando. E eles construíram sobre isso, mas eles não puderam ir mais adiante. E a própria pedra que faltava era a principal pedra angular que haviam expulsado para um lado. Eu digo que... eu vou dizer isso para os batistas, presbiterianos e então vocês podem se gloriar nisso. Tudo bem. Uma das coisas principais com os batistas ou com qualquer outra igreja, e o que todos temos feito e o que vocês pentecostais estão fazendo (isso mesmo), vocês estão rejeitando a única Principal, a única Pedra Angular que existe, que é Cristo. Quando você a chuta para fora... Você pode dizer: “Oh, isso não irá funcionar em nosso programa”. Bem, em que programa irá funcionar então? Você simplesmente sai do seu programa para o programa Dele, e a Igreja segue em frente. Coloque a Pedra Fundamental primeiro. Se você não fizer isso, você descobrirá depois de algum tempo que é apenas tijolo e argamassa novamente. Então eles tiveram que receber a pedra de esquina primeiro antes que eles pudessem... a pedra angular antes que eles pudessem continuar. Moisés tinha rejeitado isso. Ele rejeitou os princípios de Cristo. E então ele pensou que estava certo. Mas depois ele se tornou um refugiado, e casou-se, e teve estes filhos, e estava pastoreando as ovelhas de Jetro, que arranjou-lhe um emprego para pastorear ovelhas.

A Revelação Espiritual de Quem Jesus é

Então Cristo é a Pedra Fundamental e a Pedra Angular da Igreja. Rejeitar qualquer um dos Seus princípios é rejeitar a Cristo que é essa Pedra, e como já estudamos em outra ocasião, o fundamento da igreja que são os princípios ou verdades bases que a norteiam é a revelação de Quem Cristo é, que é a mesma que foi dada ao apóstolo Pedro.

O Arrebatamento (4/12/1965) §§ 70-73
Ele disse: “Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” “Um deles disse que Tu és ‘Moisés, Elias, e assim por diante’.” Ele disse: “E vós, Quem dizeis que Eu sou?” Ele disse: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.” Ele disse: “Bem-aventurado és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi carne e sangue quem te revelou. Meu Pai que está no Céu te revelou. Sobre esta rocha,” a revelação espiritual de Quem Deus é, Quem Jesus é. (Veja, essa Rocha é a Pedra de esquina onde toda a Igreja de Deus está edificada e que os demais construtores têm rejeitado) E Ele é a revelação de Deus, Deus feito em carne e revelado ao mundo. “Ele esteve no mundo. Deus esteve em Cristo, reconciliando o mundo Consigo mesmo, revelando o que Deus era, num corpo de carne.” “Tu és o Cristo, o Ungido, o Filho de Deus.” Ele disse: “Carne e sangue nunca te revelou, mas Meu Pai que está no Céu te revelou. Sobre esta rocha edificarei a Minha Igreja, a revelação da Palavra em Seu tempo próprio. Eu edificarei a Minha Igreja, e as portas do inferno não podem prevalecer contra Ela.”

Veja que o irmão Branham disse que a revelação da Palavra sobre a qual a Noiva do tempo do fim é edificada teria um tempo próprio para ser manifestada. Essa revelação da Palavra para esse tempo é uma medida da revelação que levaria o Corpo de Cristo à uma maturidade, onde aquela mesma Pedra Angular que foi rejeitada ao longo das eras e pelas denominações seria assentada no Corpo de Cristo para torná-Lo perfeito.

Uma Igreja Sem Comunhão Com Deus

Como o irmão Branham disse, depois que Moisés fugiu do Egito para não ser morto pelo faraó, acabou abandonando os princípios fundamentais de Cristo. Durante todo o tempo em que ele esteve fora no deserto Deus não pôde usá-lo porque não estava em comunhão com Ele. Portanto não somente a igreja romana, mas quando qualquer outra igreja ou grupo de pessoas organizadas é edificado fora dos verdadeiros fundamentos de Cristo, eles perdem a comunhão com o Salvador. Quando temos comunhão com Jesus, devemos conservar isso até que alcancemos a maturidade que nos permite fazer as mesmas obras que Cristo fez. Se interrompermos essa comunhão que temos com a Palavra original ou se A substituímos por qualquer outro programa humano, só o que estaremos fazendo com isso será retardar o nosso próprio amadurecimento.

Este Grande Servo, Moisés (22/01/1955) §§ 9-10 – sem tradução
Moisés estava lá atrás esperando, e agora... E lá estava ele. O que ele fez? Ele passou a trabalhar para o seu sogro, Jetro, e ele estava pastoreando suas ovelhas no lugar deserto. Existe um quadro perfeito aqui perante nós esta noite de um crente fora da comunhão com Deus. Lá estava ele, sem comunhão, nenhuma coisa naqueles quarenta anos foi falada do que Deus fez por ele, ou de qualquer maneira, qualquer sobrenatural. Ele estava fora da comunhão. E quando a igreja fica fora da comunhão com Deus, os milagres cessam, os sinais e prodígios cessam, os avivamentos cessam; Deus simplesmente sai direto para fora quando você sai da comunhão. A coisa a fazer, é manter (isso é o que eu estava tentando dizer algum tempo atrás) o amor de Deus em seu coração. Manter a comunhão com Ele, e Ele acrescentará estas outras coisas, exatamente enquanto amadurecemos. Você não pensa assim? E então Moisés, fora da comunhão, sem comunhão – lá fora em um país estranho, entre estranhos, e não o seu próprio povo... Ela era o seu po... as pessoas lá eram etíopes, e ele era judeu. E lá, completamente fora do alcance de Deus, aparentemente, e Deus o tempo todo sabendo que, não importa quanta confusão que Deus – que o homem faça fora do programa de Deus, Deus endireitará isso. Isso mesmo.

Sim, para que Moisés voltasse a ter comunhão com Deus foi necessário conduzi-lo ao Seu programa original. Moisés tentou o dele, mas não deu certo, mas aqui o irmão Branham está nos dizendo que por mais confuso que seja a vida de um filho de Deus por seguir o seu próprio programa, Deus sempre encontrará um meio de endireitar tudo para que a Sua vontade perfeita prevaleça.

Estabeleça a Palavra de Deus

Portanto quando Moisés tentou por em prática o seu próprio programa, o que ele acabou fazendo foi tentar estabelecer-se a si mesmo ao invés de deixar que a Palavra de Deus fosse estabelecida. E esse é um erro comum que muitos cometem ao pensar que os seus caminhos estão corretos quando na verdade estão fora da Palavra de Deus. Enquanto alguém estiver assentando um outro fundamento além de Cristo, como uma doutrina própria ou um grupo, o Reino de Deus não poderá ser assentado em seu coração, porque como Paulo disse, o fundamento para o crente já foi assentado, e ninguém deve por outro no seu lugar, portanto nada mais deve ser estabelecido a não ser a Palavra de Deus.

O Éden de Satanás (29/08/1965) §§ 110-112
Os homens não devem se estabelecer a si mesmos. Nós encontramos isso em meio ao... Deixe Deus fazer algo por uma pessoa e enviá-la, e você descobrirá cada homem tratando de imitá-la. Veja, eles estão tentando estabelecer-se a si mesmos. Cada homem: “Eu fiz isto, eu e eu e o meu e a minha denominação, eu isto”, estabelecendo-se a si mesmo. Sobre o que estamos pregando? Sobre nós ou sobre o reino de Deus? Estabeleça a Palavra de Deus. (Não A substitua por nada, seja por uma outra doutrina, ensino, ou mesmo por uma revelação, visão ou sonho que você teve. Se isso não fizer eco à essa Mensagem esqueça.) Tire a incredulidade e estabeleça o Reino de Deus no coração do homem. E o Reino de Deus não pode ser estabelecido no coração do homem a menos que Deus fizesse a esse homem desse modo. Ele não pode ser estabelecido em um... E lembre-se, a parte enganosa é que esses homens pensam que isso está certo. Vê? “Há caminho que ao homem lhe parece certo”. Para cada ser intelectual parece certo.

Para um ser intelectual isso pode parecer correto, mas nós não somos guiados pelo nosso intelecto, porque nós já vimos em outra ocasião que a fé intelectual gera crentes fronteiriços. Portanto o que a Igreja deve fazer é tentar se alinhar ao máximo com o ensino da Escritura e com a doutrina dos apóstolos, e não com a teologia de algum homem, pois é somente na doutrina de Cristo que Deus pode edificar.

Os Maiores Flashes de Notícias da História (24/04/1961) § 27 – sem tradução
Então eles se entreolharam quando pararam em algum lugar para descansar um pouco. Disseram: “Não ardiam os nossos corações dentro de nós? Deveríamos ter sabido que era Ele. Porque Ele percorreu por todo o caminho de volta na Escritura. Não ardiam os nossos corações por dentro enquanto Ele nos falava ao longo da estrada e abria as Escrituras?” Disse: “Tolos e lentos de coração para entender. Não convinha que o Cristo padecesse e entrasse em Sua glória?”, como diz a Escritura. Veja, eles souberam que era Jesus, porque Ele alinhava em linha reta com as Escrituras, não importasse o que os outros dissessem. E tão logo a igreja chegue a um ponto em que se alinhará com o ensino da Escritura ao invés de tentar aceitar alguma teologia feita pelo homem, mais rápido você encontrará o Cristo ressuscitado. É isso mesmo, meu irmão. Deus não edifica sobre nenhum outro fundamento além do que já está estabelecido pelos apóstolos.

A Falsa Fundação da Instrução

Então os grupos que são governados por homens e seus ensinos intelectuais, são por consequência edificados sobre a instrução humana, porém a verdadeira igreja não pode ser edificada sobre uma instrução intelectual. Isso seria construir uma casa sobre a terra e sem alicerces, como disse Jesus. Mais uma vez o irmão Branham irá nos dizer que nenhuma fundação é segura, a não ser a Fundação de Jesus Cristo, pois a instrução humana pode levar alguém para o que o irmão Branham chamava de o “demônio da instrução”, que faz alguém se iludir pensando que sabe todas as coisas e que possui todas as revelações e todos os mistérios. Mas nenhuma fundação guiará o crente para o Céu a não ser a Fundação de Jesus Cristo, que é a nossa única Pedra Angular.

Para Quem Iremos Nós? (04/06/1960) §§ 105-107
Muitas vezes a instrução conduz ao demônio da instrução. E esse demônio da instrução o conduz a um sabe-tudo. E quando você chega lá, então você se torna um infiel, e nega a Cristo. (Mesmo confessando crer em Jesus alguém pode negá-Lo mesmo assim somente com o tipo de doutrina que ele confessa) Então não se pode edificar sobre a fundação da instrução. Nem podemos edificar isto sobre poderes políticos. Você diz: “Bem, ora, tenho tanto interesse. Eu sou democrata. Eu sou republicano. Eu sou...” Ambos os partidos estão podres. Há somente uma Fundação. Edifique sobre Cristo. Esta nação não tem necessidade de edificar sobre nenhuma outra fundação a não ser em Jesus Cristo. Certo. Nenhuma outra fundação está colocada; nenhuma outra fundação está, sobre a qual se pode ir para o Céu. Nenhuma outra fundação é segura, a não ser a Fundação de Jesus Cristo.

Este demônio da instrução unge intelectuais que fazem deles um sabe-tudo. Porém existe ainda um outro demônio que é o do fanatismo, que unge especificamente os iletrados. Alguns ministros tentam tirar proveito da sua falta de escolaridade contando com isso como se fosse uma vantagem, para dizer que tudo o que sabem provém somente de uma suposta revelação divina, a fim de igualar-se com o profeta de Deus que não possuía muita instrução. Porém temos visto ministros nestas condições, ou seja, com pouca instrução, pregarem verdadeiras bizarrices dentro da Mensagem, que depois de estabelecidas são cridas como verdades. E todos aqueles que não estiverem firmados sobre a Rocha serão submergidos pelas suas torrentes.

Portanto devemos lembrar que a Pedra Fundamental é Cristo, e é por meio Dele somente que saberemos discernir todo o falso ensino que não ecoa com o Urim e Tumim de Deus. Sendo assim, mais importante que ouvir a um sermão é termos a certeza de que acima de tudo estamos ouvindo a Ele.

Hebreus Capítulo Dois Nº 1 (25/08/1957) §§ 71-72
O que aconteceu? Jesus disse antes de sair: “As coisas que Eu faço, vós também”. Isso está certo? [A congregação diz: “Amém”. - Ed.] “As coisas que Eu faço vós também as fareis, até mais do que isso, porque Eu vou para o Pai”. Oh, posso vê-los enquanto eles foram adiante, em todos os lugares. Marcos 16, “saíram por todos os lugares, pregando, o Senhor trabalhando com eles, confirmando a Palavra”. E aqui, Paulo, dando a mesma coisa. Ele disse que o Evangelho começou a ser pregado por Jesus, e foi-nos confirmado pelos que o ouviram. Essa é a Pedra Fundamental. Oh, bendito seja o Nome do Senhor! Essa é a Pedra Fundamental. E pensar que dois mil anos se passaram. Ateus se levantaram e infiéis e céticos, e agnósticos. Mas, hoje, esse mesmo Jesus confirma Sua Palavra da mesma maneira por aqueles que a ouvem. Ouvi-Lo”, não significa apenas ouvir um sermão. Significa ouvir a Ele. Sim.

O Governo de Deus

Então embora os apóstolos lançassem o fundamento para a Igreja que é Cristo, ela era governada por homens, mas pelo próprio Espírito Santo. O ministério quíntuplo leva a Igreja ao seu aperfeiçoamento, mas não são eles que A governam ou A dirigem. A Igreja não pode ser controlada por homens, mas somente por Deus que governa e conduzi a cada indivíduo.

O Rei Rejeitado (15/05/1960) §§ 51-53
Agora, esse é o tipo de homem que as pessoas gostam de escolher hoje. As pessoas não parecem estar satisfeitas com a maneira que Deus estabeleceu Sua Igreja, para ser governada ou controlada pelo Espírito Santo. Querem alguém, algum homem, alguma denominação, certas pessoas para governarem a Igreja. Isso, elas não são capazes de lançar-se completamente na mão de Deus, para serem espirituais, serem guiadas pelo Espírito Santo. Elas querem alguém para desempenhar religião para elas, alguém que lhes diga exatamente como fazê-lo, e tudo que se trata disso. Assim que, este homem parecia se encaixar exatamente nesse lugar, porque era um homem muito intelectual. E isso é parecido demais com o dia de hoje. Também gostamos de escolher pessoas tais, para controlarem nossas igrejas, para controlarem a Igreja de Deus. Não é que eu tenha algo a dizer contra isso, mas é apenas para mostrar, que não é, nem foi, e nunca será a vontade de Deus que tal coisa seja assim. É para Deus governar o Seu povo, governar cada indivíduo.

Deixando os Rudimentos da Doutrina de Cristo

Então com tudo que foi dito até aqui nós tentamos deixar claro que há somente um único fundamento para a igreja e que não pode ser substituído, seja por uma liderança humana, ou por um intelectualismo. Cristo é a Pedra Fundamental e a Pedra Angular da Igreja que foi assentada pelos apóstolos. Portanto assim como a doutrina apostólica foi o único fundamento da Igreja no passado ela também terá que continuar a ser o mesmo agora. Porém ao mesmo tempo em que os apóstolos nos admoestavam em preservar sempre os mesmos fundamentos que deveriam guiar a Igreja de Jesus sobre a terra, eles também mostravam a extrema necessidade do crente prosseguir buscando aprender mais a fim de obter o seu aperfeiçoamento e a sua maturidade.

Hebreus 6:1
Por isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus.

Aqui o autor de Hebreus não está desprezando os rudimentos que são os preceitos básicos da doutrina, mas o que ele está fazendo é expor a urgência que cada filho de Deus deve de ter em progredir nas demais verdades do Evangelho. Quando esse progresso ocorre e o filho de Deus avança na sua compreensão da Palavra e da sua experiência com Deus, ele não tem a necessidade de reaver novamente todos aqueles mesmos fundamentos outra vez, porque isso já está consolidado nele. É necessário portanto que ele avance mais no conhecimento da Palavra de Deus até que se atinja uma maturidade. E como o irmão Branham disse, há uma revelação da Palavra para esse tempo que é uma medida da revelação que levará o Corpo de Cristo a essa maturidade.

Portanto um ministro que se detivesse sempre no mesmo tema doutrinário não conseguiria cumprir com o seu papel de levar o corpo de Cristo ao aperfeiçoamento, porque essa é a real função do ministério quíntuplo: aperfeiçoar o corpo de Cristo, que são os Seus santos, até atingir o amadurecimento.

Conferência Com Deus (20/12/1959) § 245 – [Nota: esta passagem ficou de fora da tradução feita pela Gravações “A Voz de Deus”.]
Ele estabeleceu na igreja (o quê?) apóstolos, profetas, mestres, evangelistas, pastores. Essa é a ordem de Deus estabelecida na igreja, para aperfeiçoar os santos.

Porém como nós já vimos, ninguém que seja parte desse ministério quíntuplo genuíno procurará estabelecer a si mesmo a fim de buscar algum reconhecimento, popularidade ou seguidores para os seus ensinos, ou de ainda criar um sistema para si mesmo para que a Igreja seja governada somente por ele ao invés de ser governada por Deus, mas tudo que esse ministério procurará fazer será levar o povo eleito para mais perto de Deus e de Sua Palavra. Portanto o ministério quíntuplo estará preocupado em assentar apenas os fundamentos de Cristo e de ninguém mais, mas também estará preocupado com o avanço espiritual de cada eleito.

Amadurecidos Para a Adoção

A razão de nos preocuparmos em obter um amadurecimento é porque a Noiva já está chegando na Sua etapa final para a adoção, e segundo o ensino do irmão Branham, um filho só era adotada se ele atingisse a sua madureza. 

Adoção Nº. 2 (18/05/1960) § 188
Agora, quando o pai no Antigo Testamento, entendia que o seu filho estava chegando à idade, e que tinha sido amadurecido para a adoção... Para... Eles são um filho nascido, mas quando – eles são filhos então. Mas então eles nunca serão mais do que apenas um filho, simplesmente um filho comum, até que amadureçam e mostrem o que são. Depois ele o chama então.

Então a Noiva só será chamada quando ela demonstrar que está madura suficiente para isso. E a maturidade de um filho de Deus é medida pelo grau de obediência que ele demonstra a Deus e à Sua Palavra. A Noiva está entrando na Sua era de amadurecimento porque o Espírito Santo está trazendo a Ela plenitude da Palavra, mas se algum filho não mostrar obediência nessa estação em que a Noiva está corre o risco de perder a sua adoção.

Adoção Espiritual (23/09/1956) § 86 – sem tradução
Então enquanto o Espírito Santo começa a trazer a Palavra, (É exatamente isso que Ele está fazendo agora. O Espírito Santo vem trazendo a Palavra para a Noiva nestes últimos anos e Ela está obtendo um entendimento das Escrituras como nunca antes) então se o filho não foi obediente quando chega à maturidade, a idade da maturidade, então o filho é sempre um filho, certamente, mas ele perde alguma coisa.

Nós já entendemos que para que um filho não perca nada, ele precisa estar atento para não por outro fundamento além do que está posto e ter cuidado com o tipo de material que ele irá edificar sobre esse fundamento. Se for um material perecível como madeira ou palha, isso não resistirá à prova do fogo a qual será submetido. Porém a Noiva não poderá perder a Sua adoção porque o poder vivificador que Nela está já Lhe concedeu potencialmente a ressurreição que segundo o irmão Branham, representa a adoção e a maturidade em sua plenitude.

O Lugar de Adoração Provido por Deus (25/04/1965) § 156
E Deus potencialmente já nos ressuscitou. O Poder Vivificador que nos levantou de uma vida de pecado, e mudou nosso ser, já tem potencialmente nos ressuscitado em Cristo Jesus, no qual a ressurreição nos trará à plena maturidade.

A Semente Amadurecida

Então o que o irmão Branham está nos dizendo com isso é que a maturidade total da Noiva somente se completará com a Sua plena Adoção que ocorrerá no dia da Ressurreição. Aquele que é o fundamento da Igreja, Se colocou entre a vida e a morte para trazer a Ela a ressurreição e a Semente Real, que está colocada corretamente no seu devido lugar, a seu tempo amadurecerá.

A Semente Sinal do Tempo do Fim (19/03/1962) § 48
E no seu tempo aconteceu exatamente daquela maneira. Cristo nasceu, o Redentor, o Único que poderia se colocar entre a vida e a morte e construir o caminho, e trazer a ressurreição. Exatamente. Por quê? Ele era a Palavra de Deus. Agora, Ele falou a Palavra, e a Palavra era uma Semente, e ela amadureceu em seu tempo. Cada semente de Deus, colocada corretamente, amadurecerá.

A Semente Sinal do Tempo do Fim (19/03/1962) § 50
Veja, ela deu à luz àquele germe de Vida, que era a Palavra de Deus manifestada na forma de um homem. E através da morte deste apenas, pagou a morte para – a dívida de cada um de nós que somos injustos. E ao aceitar então a Sua Palavra, traz Vida e traz Cristo de volta a nós, porque Cristo é a Palavra, a Palavra Falada. E Ela amadurecerá se você puder recebê-La. Você que está doente, aceite-A. Creia Nela. Ela tem que amadurecer, virá a Seu tempo.

Então aqui o irmão Branham disse que a Semente de Deus amadurecerá se estiver colocada corretamente no seu devido lugar. Mas o problema que encontramos é que, conforme vimos na ilustração que Jesus fez, alguns buscam a Ele, ouvem a Sua Palavra, mas não A praticam, e por causa disso, não amadurecem. O assim chamado cristianismo de hoje já deveria estar amadurecido, porém como ele se afastou da comunhão com a Palavra genuína, isso deu lugar para denominações e líderes com todo o tipo de sensação. Portanto como Deus só trata com indivíduos e não com grupos, cabe agora a cada um se esforçar para ouvir somente a Voz de Deus e de por em prática o que se ouviu.

O Que Tu Ouvistes, Elias? (09/06/1959) 41 - sem tradução
A igreja deveria estar na maturidade. E nós tivemos ventos impetuosos, e nós tivemos todos os tipos de sensações. Onde está a igreja? Onde estamos hoje? Mais denominações estão crescendo ainda a cada dia, e colonizando, e tudo mais, e ainda os mesmos homens. O que precisamos é de esperar até que ouçamos a voz de Deus como indivíduos.

Sim, porque Deus não lida com grupos, mas somente com indivíduos, e é isso que cada indivíduo precisa fazer para saber aplicar a Palavra, que é primeiro ouvi-La, mas não ouvir a palavra de um homem ou de uma organização de homens, mas do próprio Deus. Os assim chamados cristãos preferem por a sua confiança apenas na doutrina de algum homem, que por sua vez poderia não estar correta, ou então persistem em cultivar a luz de uma era passada. Tal postura demonstra que eles não querem amadurecer. O grão só amadurece se receber a revelação da Luz para o seu próprio dia, e não a luz ou revelação de uma era que já passou. Aquela luz passada teve o seu valor e importância, mas como foi dito em Hebreus, a igreja não pode ficar nos mesmos rudimentos, mas ao invés disso, ela deve progredir em busca ao aperfeiçoamento porque o grão precisa avançar à medida que o Evangelho avança.

Acenda a Luz (25/01/1964) §§ 65-69
O sol deve vir em sua estação. Assim devem o trigo e o grão de Deus amadurecer exatamente na estação; a estação em que o grão está. Mas como poderia o sol... Bem, o trigo morreria, os frutos morreriam pelo sol que vive hoje, que brilha hoje, melhor dizendo. Sua próxima colheita está amadurecendo. O grão deveria amadurecer com a Luz, mas a coisa hoje é que a igreja grão não quer amadurecer. Ela quer ficar como era lá atrás no tempo de Moody, Sankey, Finney, Knox, Calvino. Eles estavam bem; eles eram a Luz da hora, mas esta é uma outra hora. Este é um outro dia. Este é o avanço do Evangelho; ele está chegando ao seu amadurecimento! Então não podemos viver de acordo com o que Lutero, o que Wesley disse, ou algum do resto deles. Nós estamos vivendo na Luz que foi predita para este dia. Nós estamos na sétima era da igreja; não na terceira ou quarta era. O grão deveria ser capaz de receber a Luz. Se ele não recebe ele cai e a Luz não significa nada para o grão. O grão é amadurecido com a Luz, se ele estiver diante da Luz. Assim deveria a igreja trazer o pão de cada era que Jesus ordenou dizendo: “O homem viverá por cada Palavra que sai da boca de Deus”. O Pão que nós precisamos está na Bíblia. Ela é a completa revelação do plano de Deus. É a completa revelação de Jesus Cristo.




A Era da Plena Maturidade

E essa completa revelação de Jesus Cristo nos tem sido dada nesta era que é a última era da Igreja, que é quando a Árvore Noiva está surgindo. Todos que se organizaram sobre um falso fundamento não puderam dar um passo sequer adiante e ficaram para trás. Mas essa é a era em que a Noiva está totalmente amadurecida.

Paradoxo (06/02/1964) §§ 66-68 – sem tradução
E, hoje, nesta era em que estamos vivendo agora, há uma Árvore Noiva surgindo. Vê? Verdadeiramente a Árvore surgiu. E eles, tão logo eles se organizaram, eles não puderam dar um passo adiante. E o que acontece? Eles organizam e saem para este ramo, então o ramo é podado. De acordo com São João, capítulo 15, Ele os poda. Eles nunca mais foram usados. Mas no coração daquela Árvore vem o fruto, bem no topo. Quando a árvore está totalmente amadurecida, não pode ir mais longe; bem no topo. A última era da igreja está aqui. Ela chegou à plena maturidade. É uma Árvore Noiva. Jesus foi a Árvore da Vida do jardim do Éden. Você crê nisso? [A congregação diz: “Amém” - Ed.] Ele era a Árvore da Vida.

Então se essa é a era em que a Igreja chega à plena maturidade Ela está pronta para frutificar para Cristo, pois tem recebido o ensino da estação que A faz ser selada de dentro para fora. Portanto ela não apenas ouve a Palavra, mas Ela pratica a Palavra. Como já dissemos, os que ouvem e não praticam são os que se parecem cristãos, mas não vivem e atuam como cristãos, e para alguém atuar como cristão é preciso que o próprio Cristo esteja vivendo no interior do crente ou ele jamais poderá amadurecer como um cristão.

A Semente Não é Herdeira com a Palha (18/02/1965) §§ 84-85
Como uma galinha, ela pode botar um ovo, uma galinha pode; mas se ela não esteve com o pássaro macho, o galo, isso nunca vai eclodir. É infértil, embora parecesse exatamente como um verdadeiro ovo fértil. Cada natureza disso parece o mesmo, mas não tem a vida em si. É dessa maneira com as pessoas que professam a Cristo. Muitas delas se parecem com os cristãos, tentam agir como cristãos; mas você tem que ter Cristo no interior de você, que é a Palavra manifestada, ou nunca irá amadurecer em um verdadeiro cristão que crê na Bíblia. Sempre será alguma coisa denominacional. Ela não pode viver, porque não há vida nela para viver.

O irmão Branham disse que a vida de um crente progride à medida que ele vai amadurecendo.

Coisas Que Hão de Ser (5/12/1965) §§ 39-40
Quando você nasceu e veio a este mundo, Deus sabia que você estaria aqui nesta terra, e você cresceu do nascimento até a maturidade. Coisas que pareciam ser estranhas para você em sua juventude, em sua meninice, quando crianças, agora parecem ser muito reais. Você não podia entender isto quando você era uma criança, mas agora quando você se tornou adulto, você começou a compreender e descobrir que tudo estava colocado corretamente. E você... Isto realmente significa algo para você agora. Assim é no seu nascimento espiritual. Você faz coisas que não compreende quando você é um nenezinho e vem ao altar e dá a sua vida para Cristo. Você faz coisas tão estranhas. Você quer saber por que você fez isto. Mas depois de algum tempo quando você está maduro, como cristãos maduros, então você compreende isto. Vê? Lá você apanha algo e você vê porque você teve que fazer isto. O seu nascimento espiritual... O seu nascimento natural tipifica o seu espiritual. Como... como isto encaixou em você. Nesta vida enquanto você cresceu, tudo encaixou certinho, porque você foi feito para aquilo. Não foi isto uma coisa estranha aquela noite que você cambaleou lá na missão, na reunião da tenda, ou na pequena igreja em algum lugar na esquina, e algo, um pregador pregou sobre um certo assunto e você simplesmente caiu bem lá no altar? Vê? Vê? Deus sabia disto antes da fundação do mundo. Vê? Isto... isto pareceu estranho para você porque você fez aquilo então, mas agora você compreende. Você sabe o que aconteceu. E então se isto está encaixado nesta vida isto estará também na vida que há de vir. Este mundo e esta vida parece... progredir enquanto você se madura. Tudo parece ir bem com você.

O Joio e o Trigo Amadurecem Juntos

Porém nessa era do amadurecimento, não é somente o trigo ou a “igreja grão”, como o irmão Branham chamava, que amadurece, mas também o próprio joio. Ambos amadurecem ao mesmo tempo. Portanto ou alguém amadurece para a adoção e é levado para o Arrebatamento, ou amadurece de outra forma, porém para a tribulação.

O Jesus Cristo Vivo (06/09/1953) § 74 – sem tradução
E agora, Senhor, Satanás está se movendo como um leão que ruge. Sabemos que o joio e o trigo chegam juntos, e eles amadurecem juntos. E exatamente enquanto a injustiça e a maldade estão espalhando a terra do joio, sabemos que o trigo está amadurecendo também.

O que faz o trigo amadurecer é nunca ter abandonado o fundamento apostólico que é a revelação de Jesus Cristo, que também é ao mesmo tempo a Pedra angular da Igreja que os demais construtores tem rejeitado nestes últimos dias. Satanás anda em derredor como um leão buscando de todas as maneiras possíveis impedir que o grão de trigo amadureça e chegue ao aperfeiçoamento, inspirando líderes para estabelecer outros fundamentos. É por isso que o eleito deve estar sempre atento, meditando, estudando e confiando no Senhor. Estamos no tempo do fim, e como foi dito, ambos o trigo e o joio estão amadurecendo juntos, porém cada um deles para um destino específico. Que nós possamos ser encontrados fiéis até aquele dia.

Livro das Sete Eras - A Era da Igreja de Laodicéia, pág 324-325
Ó eleito de Deus, guarde-se! Estude atentamente. (Ou seja, examine tudo. Tenha discernimento. Aprenda a discernir os espíritos) Seja cauteloso. Opere sua salvação com temor e tremor. Confie em Deus e se fortaleça em Seu poder. O seu adversário, o diabo, agora mesmo anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar. Vigie em oração e seja firme. Este é o tempo do fim. Tanto a verdadeira como a falsa vinha estão chegando à maturidade, porém antes que o trigo amadureça, aquele joio maduro deve ser atado para a queima. Veja, todos eles estão se unindo ao Concílio Mundial de Igrejas. Essa é a atadura. Logo virá o recolhimento do trigo ao celeiro. Porém agora mesmo os dois espíritos estão trabalhando em duas vinhas. Saia do meio do joio. Comece a vencer para que você possa ser considerado louvável ao seu Senhor, e apto para reinar e governar com Ele.





www.doutrinadamensagem.com

http://doutrinadamensagem.com/site/palestras-doutrinarias-por-diogenes-dornelles/

Nenhum comentário:

Postar um comentário